Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Como planejar uma viagem internacional em 2021

Depois de um ano inteiro de pandemia do novo coronavírus e isolamento social, o que as pessoas mais querem é saber como planejar uma viagem internacional em 2021. O que parecia impossível há algumas semanas, agora já começa a ser algo mais possível, uma vez que a vacinação começa a ganhar ritmo no Brasil e no mundo. Só em nosso país, por exemplo, já foram mais de 6 milhões de pessoas vacinadas, o que indica que poderemos vacinar uma boa parte da população até o fim do ano e, talvez, encerrar a pandemia.

É claro que isso não significa que podemos sair por aí sem usar máscara ou sem se preocupar com a pandemia. Estamos quase vencendo o coronavírus, mas ainda precisaremos de um pouco de dedicação até estar todo mundo vacinado e a doença parar de circular pelo nosso país. Quando isso acontecer, finalmente poderemos voltar para a vida que tínhamos antes, o que inclui o turismo.

E aí, quer saber como planejar uma viagem internacional em 2021 e começar a fazer seus planos para quando a circulação do coronavírus for interrompida? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Como planejar uma viagem internacional em 2021 em 4 passos

1. Pesquise se o seu destino está com as portas abertas para o turismo

Em 2020 o mundo entrou em um consenso sobre a necessidade de focar os esforços na saúde de sua população e por isso, muitos países decidiram fechar ou restringir a entrada de turistas. Este ano, com a chegada da vacina em diversos países, as regras de entrada ficaram mais flexíveis, mas ainda há uma série de requisitos para se cumprir. Por exemplo, alguns países restringiram a entrada de pessoas oriundas de países que ainda não controlaram a pandemia, como o Brasil. Outros, requerem apenas um teste de COVID-19 feito em 24 horas, e 14 dias de quarentena na entrada do país. Pesquise quais são os requisitos para entrar no país que deseja visitar antes de começar o planejamento. Você pode conferir estas informações nos principais canais do consulado brasileiro.

2. Faça reservas com a possibilidade de cancelamento

Com a imprevisibilidade dos tempos, muitos hotéis se tornaram mais flexíveis para cancelamento gratuito de reservas. Alguns ainda fazem um preço mais atrativo para reservas sem a opção de cancelamento com estorno, mas nessa situação, o melhor é optar pelo seguro, pois qualquer mudança nos ventos pode ocasionar um lockdown em seu destino, impedindo sua viagem na data reservada e então todo o dinheiro investido será perdido.

Se você viajar para a África, vale a pena dar uma olhada nos hotéis no site Alegro, ver as possibilidades de cada um, políticas de cancelamento e reembolso. O portal é a maior plataforma para hotéis de Angola e vale a pena a visita para quem está organizando uma viagem para lá.

O mesmo conselho vale para atrações e restaurantes. Sempre pergunte sobre as opções de cancelamento ou alteração de data, além da possibilidade de estorno caso a reserva seja perdida.

3. Não marque viagens com muitos meses de antecedência

Antigamente era comum começar a planejar viagens com 6 meses de antecedência para garantir bons preços em hotel e passagem aérea e uma boa margem de tempo para quitar o pagamento de todas as reservas, chegando na data do passeio livre de dívidas e pronto para gastar. Agora, ter tantos meses de espera pode significar um imprevisto no meio do caminho, e a frustração de ter de cancelar todos os planos. Por isso, planeje com cautela, e em espaços curtos de tempo, em um período de segurança para todos, e garanta uma viagem de sucesso.

4. Prepare-se para continuar com medidas de segurança

Muitas pessoas acreditam que, assim que tomarem a vacina, poderão sair por aí sem máscara e sem se preocupar com o distanciamento social. Muitos se perguntam “Mas se eu tomei a vacina, por que vou precisar usar máscaras?”. A explicação é bem simples: o vírus ainda estará circulando. Enquanto as pessoas continuarem a adoecer, o vírus ainda estará por aí e, mesmo vacinado e não desenvolvendo a doença, a pessoa poderá ser um vetor de transmissão.

Por isso, é necessário manter o uso das máscaras e medidas de segurança até que não tenhamos novos casos e, aí sim, poderemos relaxar nas medidas de segurança. Portanto, durante sua viagem, saiba que você ainda terá de usar certos recursos até que a circulação do vírus seja interrompida no Brasil e no seu país de destino.

Pronto! Agora você já sabe como planejar uma viagem internacional em 2021, de modo a poder curtir um merecido descanso depois de um dos anos mais difíceis da história recente da Humanidade. Todo mundo não vê a hora de poder ir viajar, conhecer novas culturas e voltar a trocar experiências pelo planeta. Só precisamos de mais um pouco de paciência.

E aí, para onde você irá quando a pandemia acabar? Conte para a gente nos comentários abaixo!