Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Como oferecer o serviço delivery no seu negócio?

O serviço delivery vem ganhando muita força nos últimos anos, principalmente ao ser inserido por estabelecimentos de alimentação, garantindo uma entrega em domicílio. Isso porque ele pode agradar muito aos clientes e proporcionar diversos benefícios à empresa. 

 

Os restaurantes ficam muito tentados a adotar essa nova técnica, mas é muito importante saber como implantá-la corretamente, pois, querendo ou não, é um processo complexo e que exige muita paciência.

Etapas para inserir o serviço de delivery

Por ser um processo muito benéfico, mas complexo, é preciso entender as etapas necessárias para a implementação de um serviço de delivery nos estabelecimentos no segmento da alimentação. Por isso, separamos as principais:

  1. Estar preparado é vital

Assim como é importante realizar a instalação de alarme para se preparar para o caso de algum problema, é necessário se preparar para implementar essa estratégia. 

 

Isso é, a primeira coisa que precisa ser feita antes de implementar qualquer estratégia é fazer um planejamento, entender em quais pontos ela pode ajudar a empresa e como esse serviço será implementado. 

 

Em outras palavras, é essencial entender os gastos gerados pelo serviço de delivery, como o valor da entrega, por onde ela acontecerá, quem ficará responsável por coordenar o trabalho, quais serão os custos gerais, entre outros. 

 

É preciso entender se a venda proveniente desse serviço conseguirá cobrir os investimentos e implementar uma margem de lucro. Basicamente, deve-se saber se há público consumidor, pois se ninguém for comprar, não há motivo para investir. 

 

Para isso, é interessante fazer uma reunião geral com os setores da empresa, analisando as características de seus consumidores, o orçamento disponível e uma discussão sobre a possibilidade da implementação. 

 

Por exemplo, uma empresa especialista em preparar o solo para uma obra realiza um projeto de terraplenagem antes de iniciar o processo, é imprescindível entender como fazer e planejar as ações que virão na sequência.  

  1. Faça uma análise completa

É muito importante realizar uma análise da empresa e das formas com as quais ela consegue aumentar o seu destaque frente à concorrência, seu diferencial. 

 

Por exemplo, uma empresa que vende produtos de segurança sabe que seu ponto forte é o guarda corpo de vidro, ela consegue focar nele para aumentar o consumo e conseguir se destacar frente à concorrência. 

 

Entender o negócio como um todo, suas funções e o que ele pode oferecer ao seu público, aumentando a percepção do diferencial existente é essencial, o que garante a ele se sentir mais inclinado a consumir. 

 

Esse ponto é essencial de definir, pois ele será o responsável por como o cliente encontrará a marca e o que será feito para mantê-lo como consumidor. 

 

Para isso, é necessário entender como ele encontrará a empresa, como ocorrerá a compra, a forma de recebimento do pedido e como garantir que ele se sinta satisfeito com o serviço e passe a comprar com frequência. 

  1. Pense na oferta

A oferta se refere aos produtos vendidos pelo restaurante no delivery. Não é necessário ter um conjunto longo de alimentos, mas sim aqueles que mais funcionam, ou seja, que vendem mais, que possuem uma margem boa e que são práticos para a viagem.

 

Por exemplo, para uma empresa especialista em projeto elétrico predial, é mais garantido investir nesse ponto, do que criar diversos serviços e não fazê-los com qualidade. 

 

A melhor ideia é ter um cardápio de qualidade, com opções que realmente funcionam. Ele pode ficar dividido em categorias para facilitar a identificação e escolha do cliente.

 

Nessa etapa, é importante simplificar, pois existem diversas opções, mas, para garantir que a estratégia funcionará e conseguir gerar retorno suficiente, deve-se focar naquilo que vende bem e que consegue realizar o trabalho. 

 

Além disso, focar nos alimentos básicos pode ser algo mais seguro, uma vez que as pessoas tendem a consumir pratos que já conhecem pelo delivery, com a garantia de que não terão que fazer algo para comer se não gostarem. 

  1. Pense na embalagem

As embalagens são um ponto essencial no tópico de entrega de alimentos. Isso porque ela é a responsável por garantir a qualidade e temperatura da comida, além da acomodação da comida e separação dos alimentos que ficam mais gostosos quando não estão juntos.

 

É preciso levar em conta que ela deve ser muito resistente, como um prego galvanizado a fogo, para conservar a comida organizada e a temperatura. 

 

Isso é, pacotes individuais para cada comida aumentam a sensação de higiene e de organização do restaurante. As embalagens também devem ser adaptadas para congelamento, se for de desejo do cliente e possibilidade da empresa.

 

Outra característica é a sustentabilidade relacionada à produção dela, o que pode ser um ponto de diferencial para a empresa. 

 

É importante se lembrar também de embalagens para outras categorias de oferta, como bebidas ou sobremesas, pois exigem embalagens práticas e específicas, que, muitas vezes, não conseguem se encaixar no padrão de refeições quentes comuns. 

  1. Faça testes

O delivery é um serviço que pode estar sujeito a problemas, exigindo, então, soluções rápidas, além das ações comuns. Por esse motivo, é indicada a realização de testes antes de implementar, de fato, o serviço, para entender a qualidade dele e o que melhorar. 

 

Por exemplo, assim como uma organização testa diferentes empresas de limpeza e conservação antes de contratar uma, para entender como cada uma delas funciona, é interessante testar o serviço. 

 

Para isso, podem ser feitos pedidos pelo próprio gestor para entender a qualidade da entrega, avaliando se as embalagens foram escolhidas eficientemente e se estão certas, se a comida consegue suportar a viagem e até onde é possível realizar a entrega. 

 

Além disso, eles também permitem uma avaliação do tempo gasto para a realização da entrega. Esse último teste precisa ser feito em diferentes partes do dia, identificando o tempo de preparo e de entrega, pontos essenciais na visão do consumidor. 

  1. Adicione elementos

Uma boa tática para melhora do serviço é a adição de certos elementos que aumentam o sentimento de hospitalidade no consumidor. Isso porque ele se sente importante, valorizado e como se a experiência em caso fosse tão real como presencialmente. 

 

Por exemplo, se uma empresa que realiza limpeza de fachada deixar um produto a mais para o cliente testar, ela consegue agradá-lo com pequenos gestos, influenciando-o a contratar o serviço novamente. 

 

Esse tópico pode ser feito ao enviar junto ao pedido uma carta curta escrita à mão agradecendo pelo serviço, guardanapos personalizados, talheres, embalagens que podem servir como prato, e mimos simples, como balas ou um docinho. 

 

Dessa forma, é criado no cliente um sentimento de felicidade, o que pode ser essencial para fazer com que ele continue consumindo daquele estabelecimento. 

  1. Tenha um bom atendimento

É fundamental para garantir a satisfação do cliente, que ele seja bem atendido e receba a atenção que merece. Isso porque é muito comum surgirem problemas durante o delivery, e quando o cliente é bem tratado e com rapidez, ele consegue relevar o que aconteceu.

 

Responder rapidamente também previne que eles abandonem a compra, uma vez que suas dúvidas serão facilmente sanadas, permitindo que entendam e já comprem em um curto período de tempo. 

 

Além disso, o bom tratamento de seus consumidores surge como um diferencial para os clientes, tendo esse tópico como um critério avaliativo no momento de escolher entre o seu restaurante ou um outro da concorrência. 

 

Por exemplo, se uma empresa que constrói laje treliçada garante um atendimento bom para seus clientes, aumenta a satisfação deles com a marca, aumentando as chances de passarem a ser consumidores contínuos. 

  1. Tenha atenção no processo

A montagem dos pedidos é um momento que pode gerar confusão, como troca de pratos, esquecimento de sobremesas ou bebidas, o que pode prejudicar consideravelmente a visão que o consumidor tem da marca.

 

Por esse motivo, é imprescindível fazer toda a divisão de cada alimento para cada entregador com muita atenção e cuidado, garantindo que o cliente não seja prejudicado e a empresa tenha que tomar atitudes para refazer o processo, gastando mais do que deveria. 

Vantagens do serviço de delivery

Portanto, existem diversas etapas para conseguir a implementação de um serviço de delivery de qualidade, agora, serão destacados os benefícios que, quando bem feito, ele pode proporcionar:

 

  • Garantia de comodidade aos clientes;
  • Facilidade de gerenciar;
  • Possível divulgação em massa;
  • Redução de problemas de comunicação graças à plataforma.

 

Existem outras vantagens que ele pode proporcionar, mas foram destacadas as principais e, consequentemente, as que mais ajudam no desenvolvimento de um restaurante. 

Conclusão

Implementar o serviço de delivery em uma empresa pode ser algo muito benéfico, contudo é importante seguir algumas etapas, para garantir que a estratégia conseguirá atingir seus objetivos e proporcionar vantagens à empresa. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.