Com salário de R$ 200 milhões por ano, Vettel assina com Ferrari maior contrato da história da F1

Depois de semanas de expectativa, a Ferrari anunciou na última quinta-feira (20) a contratação de Sebastian Vettel como substituto de Fernando Alonso. O contrato com o tetracampeão válido por três anos.

Nesta sexta-feira, a jornal britânico ‘The Telegraph’ revelou que o contrato do tetracampeão com a escuderia de Maranello é de £ 150 milhões (aproximadamente R$ 600 milhões).

Segundo o ranking divulgado pela revista Forbes recentemente, Vettel é o 83º na lista dos 100 atletas mais bem pagos do mundo, com um faturamento de R$ 48,4 milhões por ano.

Com o novo vínculo com a Ferrari, Sebastian passaria a ter um ganho anual de R$ 199,8 milhões — considerando apenas o salário —, o que o colocaria como o terceiro atleta mais bem pago do mundo, atrás apenas do boxeador Floyd Mayweather (R$ 267,3 milhões) e do jogador de futebol Cristiano Ronaldo (R$ 203,8 milhões).

Entre os pilotos da F1, Lewis Hamilton aparece como o 19º na lista dos mais bem pagos, recebendo R$ 81,5 milhões. Fernando Alonso é o 21º, com R$ R$ 79 milhões.

Participando de um evento ao lado de Alonso e Jenson Button na noite passada, Vettel recordou a passagem de Michael Schumacher pela escuderia vermelha e afirmou que espera repetir o ídolo e ver a Ferrari retomar o caminho das vitórias.

“Quando eu era criança, Michael Schumacher em seu carro vermelho era o meu grande ídolo e agora é uma honra incrível finalmente ter a chance de guiar uma Ferrari”, declarou.

xxxx during practice ahead of the Abu Dhabi Formula One Grand Prix at Yas Marina Circuit on November 21, 2014 in Abu Dhabi, United Arab Emirates.

 

Msn

Comentários

Notícias relacionadas