Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Com grande número de inscritos, Vôlei Brasil Kirin escolhe jovens para base


Sucesso absoluto. Assim pode ser definida a edição 2016 da peneira do Vôlei Brasil Kirin. Realizada pelo sétimo ano seguido, a seletiva reuniu cerca de 400 jovens de todos os cantos do Brasil nos dois dias em que foi realizada no Ginásio do Taquaral, em Campinas.

“Só temos que agradecer. Tivemos um grande número de inscritos em todas as categorias, mostrando a grandeza do projeto do Vôlei Brasil Kirin. Infelizmente, não podemos abrigar todos, por mais que essa seja nossa vontade. Vimos meninos de grande potencial, que tenho certeza que vão seguir o caminho do esporte”, comentou Guilherme Muller, supervisor das categorias de base.

No primeiro dia, sexta-feira (09), cerca de 200 meninos passaram pelo Taquaral para tentar uma vaga na categoria sub-19 (nascidos entre 1999 e 2000) sempre sob olhar atento do técnico César Dini. “Vimos muita qualidade aqui, o que tornou nossa escolha ainda mais difícil. Fomos pontuais para dar ainda mais qualidade ao time e conseguimos encontrar”, completou o treinador, que escolheu dois novos jogadores.

No sábado pela manhã, jovens nascidos em 2001 e 2002 foram avaliados pela comissão técnica para fazer parte do time infantil (sub-17), atual campeão da série prata do Campeonato Paulista. Depois, à tarde, cerca de 50 crianças passaram por testes das categorias mirim e pré-mirim para nascidos entre 2003 e 2006.

“A grande presença também nas categorias menores mostra a força que o Vôlei Brasil Kirin tem. A peneira virou uma tradição e um período importante do nosso trabalho, pois conseguimos dar continuidade na revelação de novos jogadores”, encerrou Patrícia Appolinário, comandante do sub-17 campineiro.

A base é uma das partes importantes do projeto do Vôlei Brasil Kirin. Os meninos recebem acompanhamento escolar, médico, fisioterápico, nutricional, odontológico, plano de saúde, auxílio-transporte e moradia em todas as categorias. A resposta vem com bons resultados dentro da quadra.

O juvenil conquistou duas vezes o Paulista (2012 e 2013), terminou como vice em 2011, foi campeão da Copa São Paulo (2013), além de representar Campinas três vezes nos Jogos Abertos do Interior e terminar com a medalha de prata em 2013 e 2014 e o bronze em 2016.

Ainda, o infanto tem dois títulos da série prata do Paulista (2012 e 2013) e conquistou o torneio início em 2011, além do Estadual de 2015 e o vice em 2016. Já o infantil foi vice-campeão Paulista em 2014, medalha de prata na Copa São Paulo no mesmo ano e faturou o título da série prata do estadual em 2016.

Confira a lista dos aprovados na peneira 2016 do Vôlei Brasil Kirin:

INFANTO (SUB-19)
Gabriel de Carvalho Cavalcante – Oposto – 1,98m
Jorge Augusto B. de Paula – Ponteiro – 1,91m

INFANTIL (SUB-17)
Felipe Detori da Fonseca Félix- Levantador – 1,80m
Gabriel Scheffer de Almeida – Oposto – 1,93m
Milton Prates Colhada  –  Oposto – 1,90m
Lucas Schneid Lopes – Central – 1,90m
Leonardo Serpeloni Borges – Ponteiro – 1,89m
João Victor Murer da Silva Leite – Central – 1,91m
Júlio César di Biagi alves – Oposto – 1,85m

 

SOBRE O VÔLEI BRASIL KIRIN
O projeto de vôlei masculino em Campinas nasceu em 2010 e desde 2013 conta com a parceria da Brasil Kirin. O time é vice-campeão da Superliga Masculina e da Copa Brasil. Além do vôlei de alta performance, o projeto conta com uma forte atuação social, com destaque para a parceria com o Instituto Compartilhar, que atualmente possui 7 núcleos, atendendo cerca de 620 crianças e adolescentes do ensino municipal com aulas de mini-vôlei no contra turno escolar, na própria escola. Ainda, as categorias de base da equipe são um reconhecido celeiro de atletas, que coleciona títulos e está sempre presente na Seleção Brasileira. As peneiras no Taquaral, sempre realizadas no fim do ano, estão entre as mais concorridas do Brasil.

Comentários

Dennis Moraes