fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Nova Odessa Saúde

Com ‘drive thru’, Nova Odessa esgota lote de 1.900 doses de vacina contra a gripe e solicita reforço ao Governo do Estado

Nova Odessa iniciou nesta segunda-feira (23) a campanha de vacinação contra a gripe para idosos acima de 60 anos e profissionais da área da Saúde. Em quatro horas, as 1.900 doses disponibilizadas pelo governo estadual num primeiro lote foram aplicadas. Novidade, o posto de vacinação ‘drive thru’, que funcionou no Ambulatório de Especialidades, foi muito procurado pela população idosa. O esquema foi adotado para evitar ao máximo a exposição deste grupo de risco e muito bem aceito pela população, que elogiou a iniciativa da Secretaria de Saúde. Outros três postos de vacinação estiveram à disposição dos novaodessenses: Emef Salime Abdo (Jardim Alvorada) e as unidades básicas de saúde dos jardins Marajoara e São Francisco.

Logo no início da tarde, o secretário Vanderlei Cocato já entrou em contato com a GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica), órgão responsável pelo envio das vacinas para a região, e solicitou um novo lote para atender os moradores de Nova Odessa. “Assim que recebermos essas novas doses, a Secretaria de Saúde fará um comunicado informando os idosos que ainda não foram vacinados, para que voltem aos postos definidos pela prefeitura e sejam imunizados”, explicou Cocato. O secretário ressaltou também que o ‘drive thru’ seguirá atendendo a população assim que as novas doses chegarem. “Essa foi uma iniciativa que deu muito certo, porque a exposição dos idosos foi a menor possível. Vamos, não só continuar com este posto aqui no Ambulatório, como já estudamos ampliar esse modelo para outros locais da cidade”, afirmou.

A campanha nacional foi antecipada pelo Ministério da Saúde porque a imunização auxilia na triagem dos casos de Covid-19. A vacinação se estende até 23 de maio, num total de três fases. A vacina atua contra variações do vírus Influenza (A-H1N1, A-H3N2 e B), que causam a gripe. A segunda fase da campanha começa em 16 de abril para professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e doentes crônicos. O Dia D será em 9 de maio. A partir dessa data, serão vacinadas crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, pessoas com mais de 55 anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o parto), população indígena e portadores de condições especiais. A campanha seguirá até o dia 23 de maio.

Comentários

Deixe uma resposta