Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Nova Odessa Saúde

Com apoio da PMNO, campanha de doação de sangue arrecada 81 bolsas em Nova Odessa

A campanha de doação de sangue realizada no sábado (13/02) no Ambulatório de Especialidades Médicas da Prefeitura de Nova Odessa arrecadou 81 bolsas para o Hemocentro da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), sendo que 26 pessoas fizeram a doação pela primeira vez. Por isso, os doadores consideraram a iniciativa um sucesso.

A campanha de doação de sangue é organizada pelo Lions e acontece a cada três meses. A ação seguiu todos os protocolos de segurança estabelecidos pelo Ministério da Saúde para proteger doadores e voluntários do novo coronavírus. Durante toda a amanhã de sábado, foi registrada a participação de 99 pessoas, ainda que 18 delas tenham sido consideradas inaptas para doação naquele momento, por motivos diversos – número também considerado dentro da normalidade.

A mobilização, que recebe todo o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, busca repor o estoque do Hemocentro, que cede as bolsas aos pacientes do município, e que vem sofrendo quedas drástica em função da quarentena causada pela pandemia de Covid-19.

Denominada “Doe Sangue, Salve Vidas”, a campanha foi acompanhada de perto pelo prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, e pelo secretário municipal de Saúde Dr Nivaldo Luís Rodrigues, que estiveram pessoalmente no Ambulatório. “Mais uma vez demos todo o apoio logístico e também deslocamos profissionais para esta ação importantíssima do Lions para o Hemocentro da Unicamp. Entendemos que doar sangue é salvar vidas”, destacou o secretário da Saúde.

O prefeito Leitinho é um apoiador e entusiasta da campanha, ainda mais neste período de pandemia, quando o Hemocentro registrou uma queda de 50% nas doações de sangue. “Doar sangue é um ato de amor, de ajuda ao próximo e que contribui para elevar o estoque do Hemocentro, que atende o nosso Hospital Municipal quando existe uma necessidade. A média que era de 80 doações por dia, caiu para 40 – ou seja, metade – e hoje, graças ao comprometimento da nossa comunidade, atingimos 81 bolsas de sangue, um número significativo e que vai contribuir muito com o banco de sangue”, avaliou Leitinho.

O sangue coletado pelo Hemocentro é processado dentro de rigorosos critérios, separados em componentes e examinados em modernos laboratórios. O próximo “Doe Sangue, Doe Vida” em Nova Odessa já está marcado e deve acontecer no dia 08 de maio, novamente no Ambulatório de Especialidades da Prefeitura, que fica na Avenida João Pessoa, ao lado do Hospital e Maternidade Municipal Dr Acílio Carreon Garcia.

Para driblar a crise e atender ao plano de contingência contra a disseminação da doença, a administração do Hemocentro também lançou a opção de doações agendadas. Mais informações podem ser obtidas pelos interessados através do telefone 0800 722-8432. Para se tornar um doador de sangue, é necessário ter entre 18 e 69 anos. O doador deve pesar mais de 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem a doação, ter dormido pelo menos seis horas. Não é necessário estar em jejum.