Santa Bárbara d´Oeste Saúde 

Colchão de qualidade, sono de qualidade


Você sabia que dormir mal afeta negativamente seu coração, pulmões, rins, apetite, metabolismo e controle de peso, função imunológica e resistência a doenças, sensibilidade à dor, tempo de reação, humor e função cerebral?

 

Segundo especialistas do sono da Faculdade de Medicina da Universidade de Pittsburgh e do Western Psychiatric Institute and Clinic, que ainda apontam que o sono ruim é fator de risco para a depressão e para o abuso de sustâncias, é preciso dormir sete ou oito horas, com qualidade, para não comprometer a saúde.

 

A solução pode estar em uma atitude simples: a troca do colchão. “Muitas pessoas não respeitam a validade do produto ou, quando compram um novo, acabam optando pelo modelo errado. Com saúde não se brinca, por isso, sugerimos que a compra do colchão seja sempre acompanhada por um especialista”, afirma Fabrício Vaccari, proprietário da Megasonho Colchões.

 

Vaccari ainda lembra que a tecnologia tem contribuído, e muito, para as boas noites de sono: “colchões que oferecem massagens relaxantes, diferentes tipos de densidade de espuma, tecnologias capazes de dissipar o calor e tecidos ultra inteligentes são os grandes aliados do consumidor”, diz.

 

Entre as marcas destaque no mercado estão a Flex, a Simmons, a Ecoflex, a F.A Colchões e a Castor, todas comercializadas pela Megasonho Colchões.

 

 

Assessoria de imprensa – Bárbara Demarchi

Comentários

Leia também...