Clássico Paulista abre a liga de basquete feminino (LBF)- 2015/2016 nesta sexta


Depois do título do Campeonato Paulista, Karla e Chuca querem uma boa estreia na LBF (Foto: Kiko Ross/ASE)

A Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2015/2016 será aberta nesta sexta-feira (20 de novembro), às 20h00 (de Brasília), no ginásio Municipal Milton Fenley Azenha (Centro Cívico), na cidade de Americana (SP), com o clássico paulista entre Corinthians/Americana e Basketball Santo André/APABA. O duelo reedita a decisão da última edição do Campeonato Paulista Feminino, vencida pela equipe do Interior.

 

Atual campeão nacional, estadual e continental (Liga Sul-americana), o time de Americana aposta na manutenção da base vencedora das últimas temporadas, que sofreu poucas alterações, para manter a sequencia de conquistas. “Poder estrear em casa mais uma LBF é motivador e espetacular. Jogar em nosso ginásio com o apoio da torcida vai ser sensacional. Treinamos muito forte, pois sabemos que será uma competição muito equilibrada, com rodadas duplas e precisamos estar 100% fisicamente e mentalmente preparadas E, esses dois primeiros jogos já definem muitas coisas, por isso foco total”, comenta a ala/armadora Karla Costa.

 

“Estreia importante e vamos fazer o nosso melhor em quadra, com garra determinação e, assim, obter a vitória. Enfrentaremos uma equipe forte e tradicional, por isso, temos que jogar com o máximo de foco, sempre contando com apoio do nosso torcedor”, acrescenta a ala Patrícia Chuca, também do Corinthians/Americana.

 

Já o representante de Santo André, campeão da primeira edição da Liga de Basquete Feminino (LBF), também aposta na manutenção da base, que ganhou reforços de jogadoras experientes. A técnica Arilza Coraça, que substituiu a Laís Elena no comando da equipe, fará a sua estreia nesta função na competição nacional, com um elenco mesclado, pois o time andreense conta com várias jogadoras jovens, oriundas do eficiente trabalho de base realizado na cidade.

 

“O Santo André tem a menor média de idade da competição, com atletas experientes e outras muito novas, como a Yasmin Gonçalves, que foi eleita a jogadora revelação do Paulista, além de outras com um pouco mais de idade, como a Tassia e a Sassa. O nosso objetivo é estar no pódio, que é a mesma meta que traçamos para o estadual e ficamos no segundo lugar, então entramos nessa competição com a expectativa de realizar bons jogos e de estar entre os primeiros colocados”, comenta Coraça, que não poderá contar com Thaissa Frediani nesta estreia, pois a armadora está em estágio final de recuperação de uma caxumba.

 

“Eu estou mega ansiosa e espero um jogo bem equilibrado, porque os dois times se conhecem bem e treinamos muito forte e com bastante foco. A chegada da Silva Gustavo (pivô) foi muito importante, pois é uma jogadora forte, alta e com muita experiência. Na verdade, o nosso time é muito experiente”, acrescenta à ala Vanessa “Sassa” Gonçalves.

 

“Confiante e feliz com a estreia da LBF, pois treinamos e nos preparamos para fazer um ótimo campeonato. Agora contamos também com reforço da Silvia Gustavo. Esse primeiro jogo contra Corinthians/Americana, que reúne os dois times que fizeram a final do Campeonato Paulista, será um duelo bem forte e nós tentaremos anular os pontos positivos do adversário, além de fazer o nosso melhor em quadra, para vencer na estreia”, completa a ala Jaqueline Silvestre, também do Basketball Santo André/APABA.

 

Os dois times voltam a se enfrentar no sábado (21 de novembro), às 18h00 (de Brasília), novamente no ginásio Municipal Milton Fenley Azenha (Centro Cívico), na cidade de Americana (SP). De acordo com o regulamento da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2015/2016, as equipes participantes se enfrentarão em turnos dobrados, ou seja, os seis times da competição jogarão entre si em quatro oportunidades, sendo duas vezes como mandante e outras duas como visitante.

 

Além dos dois estreantes, o campeonato conta ainda com outras quatro agremiações: Top Therm/Unimed/Grupo Leonardi/Sicredi/Presidente Venceslau (São Paulo), Sampaio Correa Basquete e Maranhão Basquete (ambos do Maranhão) e Uninassau/América (Pernambuco).

 

 

 

 

 

 

Comentários

Notícias relacionadas