fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Região

Cientista da Unicamp vence prêmio de pesquisa alemão Green Talents 2020

No total, 20 brasileiros vencerem a competição, que busca jovens talentos da pesquisa na área da sustentabilidade em todo o mundo, desde o lançamento da iniciativa pelo Governo da Alemanha, em 2009

 

Green Talents Science Forum deste ano será realizado excepcionalmente em ambiente virtual devido à pandemia do coronavírus

 

Um júri formado por especialistas alemães selecionou os 25 vencedores do concurso Green Talents 2020 – International Forum for High Potentials in Sustainable Development (Fórum Internacional de Projetos com Alto Potencial para o Desenvolvimento Sustentável), entre 589 candidatos de 87 países. Entre eles, destacou-se o projeto do pesquisador brasileiro Filipe Vargas Ferreira, 32 anos, doutorando em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), focado na síntese de nanomateriais ambientalmente amigáveis de alto desempenho com potencial para serem usados como embalagens biodegradáveis e implantes biomédicos. Trata-se do uso da celulose para o desenvolvimento de novos materiais sustentáveis – uma abordagem interdisciplinar que une a nanotecnologia e as ciências naturais aos aspectos sociais.

Filipe Vargas Ferreira

Em caráter excepcional, devido à pandemia da covid-19, o Green Talents Science Forum deste ano acontecerá em formato on-line – Virtual Science Forum. Nos próximos dias, os 25 cientistas selecionados farão um tour virtual por instituições de pesquisa, universidades e organizações alemãs que se dedicam à ciência da sustentabilidade para discutir seus projetos com especialistas locais. Entre elas estão a Universidade de Hamburgo, my Boo (empresa que desenvolve bicicletas de bambu), GEOMAR – Centro Helmholtz para Pesquisas Oceânicas Kiel, Instituto Max Planck, Instituto de Catálise Leibniz (LIKAT Rostock), Instituto Fraunhofer para Pesquisas de Computação Gráfica (IGD) e Instituto Potsdam para Pesquisas de Impacto Climático (PIK).

 

Pela primeira vez, a iniciativa recebe pesquisadores do Benim, Japão e Malawi, que vão trabalhar em tópicos que vão desde mudanças climáticas até sistemas de energia, ao lado de cientistas da Austrália, Brasil, Canadá, China, Colômbia, Cuba, Egito, Gana, índia, Indonésia, Israel, Madagascar, Malásia, Nigéria, Paquistão, Sérvia, Espanha, Tailândia e Estados Unidos.

 

O programa o Green Talents – International Forum for High Potentials in Sustainable Development tem apoio do Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF), sendo representado pela Ministra Anja Karliczek. A iniciativa oferece uma plataforma para que jovens talentos da pesquisa de todo o mundo compartilhem os seus projetos nas áreas da ciência e desenvolvimento sustentável. As iniciativas são reconhecidas pela capacidade inovadora de tornar a sociedade mais sustentável, abrangendo diversas áreas da economia com ideias criativas capazes de responder as questões atuais mais urgentes sobre proteção ambiental e sustentabilidade. Essas questões, bem como os desafios enfrentados pelo meio ambiente em geral, exigem cooperação científica internacional.

 

O forúm é a primeira etapa, a qual permitirá aos vencedores iniciar contato   com a comunidade científica alemã para trocar ideias com seus principais representantes. Dessa forma, os premiados poderão estabelecer bases para futuras cooperações. Esse empenho é reforçado pelo convite para irem à Alemanha em 2021, com uma estadia totalmente financiada pelo governo alemão em uma instituição de sua escolha

 

Ao fim do Virtual Science Forum, os 25 ‘Green Talents’ serão homenageados pelo Secretário de Estado, Michael Meister, do Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha, durante uma cerimônia virtual de condecoração no dia 26 de outubro de 2020, das 10h00 às 11h30 (CET).

 

Para conhecer o perfil dos 25 ganhadores do concurso Green Talents 2020 acesse AQUI. Acompanhe o Green Talents: www.greentalents.de

n

Comentários