fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi recebe fotos de estudantes, de Santa Bárbara d’Oeste, para um álbum colaborativo

Se você tem aquela foto clássica, com a bandeira do Brasil ao fundo, sentado atrás de uma escrivaninha com uma placa contendo nome da escola e ano, ou com sua turma de formandos da antiga 8ª série, que tal vê-la na página do Facebook do Centro de Documentação Histórica – CEDOC da Fundação Romi? Isso será possível graças ao álbum colaborativo que será publicado em 11 de agosto, data em que se comemora o Dia do Estudante. A ação visa a interação com o público que acompanha as mídias sociais do CEDOC.

Para participar é necessário enviar sua foto, de estudante de uma instituição de ensino de Santa Bárbara d’Oeste, pelo inbox da página do Facebook https://www.facebook.com/cedocfundacaoromi, ou postar no comentário da publicação da ação do álbum colaborativo.  Lembre-se de colocar seu nome identificando a foto, o nome da escola e a data. O recebimento das fotografias será a partir de 30 de julho.

A proposta visa a interação com o bom público que segue as mídias sociais do CEDOC da Fundação Romi, além de resgatar memórias de muitos que estudaram em Santa Bárbara d’Oeste. “ Você é ou já foi estudante? Tem uma fotografia que registre esse momento de sua vida escolar em Santa Bárbara d’Oeste? Convidamos nossos seguidores a recordar esse momento de suas vidas enviando sua fotografia. No dia 11 de agosto iremos publicar em nossa página no Facebook um álbum colaborativo”, convida a coordenadora do Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi Sandra Edilene de Souza Barboza.

O dia do Estudante é comemorado, no Brasil, desde 1927. Para participar do Álbum Colaborativo Dia do Estudante é necessário enviar sua foto, durante a época de estudante de uma instituição de Santa Bárbara d’Oeste, por inbox na página do Facebook do Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi ou no comentário de divulgação da ação, a partir de 30 de julho de 2020. No dia 11 de agosto será publicado o álbum colaborativo com as fotos selecionadas.

 

 

Sobre o CEDOC

O Centro de Documentação Histórica – CEDOC é um  espaço vivo de preservação da história, que além de resgatar todo o passado histórico de Santa Bárbara d’Oeste e região, atua na guarda, conservação e disponibilização do acervo da Fundação Romi e da Indústrias Romi – com destaque para o acervo do Romi-Isetta. É uma importante fonte de pesquisa para jornalistas, estudantes, entre outras pessoas que buscam informações sobre a região de Santa Bárbara d’Oeste. Realiza projeto de Educação Patrimonial para crianças e adolescentes e Processamento Técnico de todos os documentos recebidos. O acervo disponível para consulta é composto por mais de 300.000 mil documentos. No CEDOC são considerados documentos históricos toda informação registrada independente de forma ou suporte (física ou digital), em função de seu valor informativo, testemunhal, que servirão para conferir autenticidade a algum acontecimento histórico ou utilizado como fonte para pesquisas. O CEDOC está localizado à Avenida João Ometto, 200, Jardim Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1558. www.fundacaoromi.org.br/cedoc.

Sobre a Fundação Romi

Seu legado iniciou em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tendo como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura, a Fundação Romi é pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas, por ano, através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, oportuniza a formação integral, autônoma e protagonista de crianças, adolescentes e jovens. Promove, por meio de seu Centro de Documentação Histórica, a preservação da história da cidade e região com o processamento técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa.  Tem na educação patrimonial, destinada para alunos da educação básica, a disseminação do conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania. Na Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste que, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas atende milhares de pessoas por ano. A Fundação Romi está localizada à Avenida João Ometto, 200, Jardim Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

 

Comentários