CBB assina convênio com Ministério no valor de R$ 7 Milhões


Foto: Divulgação/Ministério do Esporte

Carlos Nunes, presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), esteve na última segunda-feira (dia 27) com o Ministro do Esporte, George Hilton, para a assinatura do convênio em torno de R$ 7 milhões, a serem utilizados na preparação da seleção masculina até os Jogos Olímpicos do Rio 2016. “Teremos uma primeira parcela em torno de R$ 2,5 milhões que já serão para a Copa América, na Cidade do México, entre 31 de agosto e 12 de setembro”, explica o dirigente.

Até lá e ainda sem os jogadores brasileiros da NBA, a seleção irá treinar em São Paulo, segundo informações de Carlos Nunes, com o técnico Rubén Magnano. A preparação ainda inclui confrontos contra Uruguai e Argentina em 8 e 9 de agosto, em torneio marcado para Brasília (os adversários jogam entre si no dia 7).

A Copa América, que serve como Pré-Olímpico, dá vaga às duas seleções finalistas no masculino (os Estados Unidos já têm vaga olímpica assegurada, no feminino e no masculino, como campeões olímpicos em Londres 2012). O terceiro e quarto colocados têm de disputar uma vaga em uma espécie de repescagem – o Pré-Olímpico Mundial, de 4 e 11 de julho de 2016.

No feminino, a Copa América dá vaga apenas para a seleção campeã (segunda, terceira e quarta colocadas seguem para a repescagem, em 2016).

Sobre o convite ao Brasil para entrar direto na chave olímpica, independentemente das duas vagas em disputa na Copa América, há um acordo. A Confederação Brasileira de Basketball precisa pagar parcelas restantes da dívida assumida com a Federação Internacional de Basketball (FIBA) para o convite ainda ao Mundial.

O assunto deverá ser resolvido, com a vaga ao Brasil como país-sede, durante assembleia da entidade no próprio 7 de agosto, em Tóquio. É o que acredita o presidente da CBB. A seleção feminina, ainda segundo Carlos Nunes, também tem convênio para preparação à Copa América.

Fonte: CBB
Comentários

Notícias relacionadas