qua. jan 29th, 2020

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Carnaval uruguaio movimenta ainda mais o turismo no país

Evento mais longo do mundo é recordista de bilheteria no vizinho e movimenta economia do país

 

O carnaval do vizinho não é somente o mais longo do mundo, mas também é o que possui a maior bateria composta por tambores na América Latina e é o evento que mais vende entrada no país: em somente oito semanas ele fatura mais que todos os espetáculos esportivos e culturais juntos, incluindo o futebol.

 

Nessa época a ocupação hoteleira chega facilmente aos 90% da capacidade na capital. Apesar de não ser muito conhecido pelos brasileiros, ele vem ganhando espaço e atraindo cada vez mais turistas tupiniquins.

 

É no desfile inaugural da Av. 18 de julho, em Montevidéu, no dia 23 de janeiro que esse megaevento começa, mas é no “Desfile de Llamadas”, nos bairros Sul e Palermo da capital, nos dias 6 e 7 de fevereiro, que rola o interesse internacional e atrai turistas de todas as partes do mundo. Esse desfile evoca os encontros dos negros escravos que se reuniam fora da cidade durante os séculos XVIII e XIX.

 

Dezenas de milhares de espectadores vibram com o sonoro retumbar do candombe, caracterizado pelo diálogo de três tipos de tambores: “chico”, “repique” e “piano”. O show é comovedor, mais de 2.000 integrantes tocam seus instrumentos e mostram a força do uníssono dos tambores.

 

Além de Montevidéu, todas as cidades do interior do país têm seu próprio desfile inaugural, cada um com suas peculiaridades. Até meados de março e em qualquer localidade do país o visitante pode encontrar desfiles e festas de carnaval.  Em cidades fronteiriças com o Brasil: Rivera, Artigas e Melo os desfiles adotam bastante elementos do carnaval brasileiro.

 

A murga também é um selo cultural importante e representativo. Proveniente da face europeia do carnaval uruguaio, é por meio do humor que essa versão do evento busca todos os anos representar sua visão do país e do mundo, num amplo espectro de ritmos musicais conta a sua parte da história utilizando-se de muita graça, diversão e sátira.

 

A biografia do carnaval do vizinho vem de fortes influências europeias (como já citado acima) e africanas, características de culturas visíveis no cotidiano da população, desde a mistura entre raças até seus costumes gastronômicos e sociais. É essa democracia marcada na pele que traz cada vez mais turistas ao país. E agora no início do ano pode-se desfrutar de infinitas atividades incluindo o carnaval.

 

@uruguainatural

www.uruguaynatural.com

Facebook: Uruguay Natural

Comentários