Capivari está entre as 40 melhores cidades de pequeno porte para envelhecer

Uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, em parceria com Instituto da Longevidade Mongeral Aegon, aponta que Capivari está entre as 40 melhores cidades de pequeno porte para envelhecer. O estudo avalia características como cuidados com saúde, bem-estar, finanças, habitação, educação e trabalho, cultura e engajamento e indicadores gerais. Cada uma dessas informações tem um peso estabelecido com base nas principais necessidades da população da terceira idade.

 

No Caso de Capivari, a nota foi 86,61, ocupando o 22º lugar da lista, a frente de cidades como Nova Odessa, Mococa, Lavras, Pirassununga, Campos do Jordão, São Roque e Ibitinga. A pesquisa avalia cidades de 50 a 10 mil habitantes. Atualmente, 348 municípios do país se enquadram nesse porte. A primeira colocada da lista é São João da Boa Vista, com nota 99,82. Das 40 melhores cidade para quem tem mais de 60 anos, 30 estão no sudeste – 25 só no Estado de São Paulo. Não há nenhum município do norte ou do nordeste listado na classificação.

 

O Índice de Desenvolvimento Urbano para longevidade indica que cidades como Capivari tem qualidade de vida garantida para um envelhecimento seguro e saudável. O Prefeito de Capivari, Rodrigo Proença, afirma que recebeu a notícia com muito entusiasmo e satisfação. “Saber que estamos entre as melhores cidades do país, mesmo com a crise financeira e política que vivemos, mostra que nosso trabalho está dando resultados. Vamos continuar fazendo o melhor por Capivari”, conta.

 

Comentários

Notícias relacionadas