Canil localiza pedras de crack e cocaína em terreno. Servente é preso por tráfico

Homem foi visto em atitude suspeita no Jardim da Mata e tentou fugir. Com ele foram localizadas algumas porções de entorpecentes; cadela Pantera, do Canil, encontrou mais drogas

 

Canil localiza pedras de crack e cocaína em terreno. Servente é preso por tráfico (2)Um servente de pedreiro de 22 anos foi preso no início da tarde do último domingo (1º) por equipes da GAMA (Guarda Municipal de Americana) depois de ter sido flagrado portando crack e cocaína no Jardim da Mata, na região da Praia Azul. O delegado Robson Gonçalves de Oliveira determinou sua prisão em flagrante por tráfico e ele foi transferido para a Cadeia Pública de Sumaré.

 

A ocorrência foi iniciada por volta das 13 horas, quando o sub-inspetor Augusto e o GCM César patrulhavam pela Rua da Floresta. Da viatura, eles viram um rapaz abaixado em um terreno baldio, em atitude suspeita. O homem, ao ver a viatura, saiu correndo, mas logo foi detido.

 

Ele carregava consigo oito pedras de crack e dois papelotes de cocaína, além de R$ 90 em dinheiro. Os guardas, então, chamaram reforço do Canil, para que o terreno baldio onde estava o suspeito fosse vasculhado. A cadela Pantera, da raça Pastor Belga Mallinois, após alguns minutos farejando o local, encontrou em dois pontos um total de 11 pedras de crack e mais quatro porções de cocaína.

 

A partir disso, os GCMs levaram o servente L.F.A. até o plantão policial da Delegacia Seccional, onde foi autuado em flagrante e levado para Sumaré.

 

Canil localiza pedras de crack e cocaína em terreno. Servente é preso por tráfico (3)No sábado (31), quando dois jovens foram detidos pela Guarda no Parque da Liberdade depois de serem flagrados buscando drogas em um matagal, os GCMs encontraram enterrado próximo de uma árvore um balde contendo 1,2 quilo de maconha, fracionada. O maior de idade, com 19 anos, foi autuado em flagrante, enquanto o adolescente de 16 foi liberado na presença da mãe.

 

Com as duas prisões do final de semana, a GAMA chegou a um total de cinco prisões efetuadas somente nos últimos cinco dias, média de uma por dia.

 

 

 

Unidade de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas