fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Saúde

Câncer cerebral: maio é o mês de conscientização do tumor

Para 2020 são estimados mais de 11 mil casos; sem forma conhecida de prevenção, é importante ficar atento aos sinais de alerta

 

No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), 4% das mortes por câncer estão associadas ao câncer cerebral e Maio Cinza é uma campanha de conscientização a respeito desse tipo de tumor. O INCA estima para este ano 11.090 casos novos. Para alertar sobre o câncer cerebral, o Grupo SOnHe reuniu dois especialistas que gravaram uma série de vídeos sobre sintomas, fatores de risco, mitos e verdades, rastreios, diagnóstico e tratamento para este tipo de tumor. O médico David Pinheiro Cunha, oncologista do Grupo SOnHe- Sasse Oncologia e Hematologia, e o neurocirurgião Victor Vasconcelos, especialista em câncer cerebral.

 

O oncologista comentou, por exemplo, que o câncer de cérebro é de difícil reconhecimento, pois não há exames de rotina para diagnóstico precoce. “Sem forma conhecida de prevenção, a detecção precoce é a maneira mais eficiente para conseguir a cura. O sinal fica para constantes dores de cabeça, mudanças comportamentais, perda ou alterações de funções do corpo”, disse. E, para a avaliação das possibilidades de cura, um dos alertas do neurocirurgião nos vídeos é sobre a importância da diferenciação com relação à origem do tumor. “Aqueles originados no cérebro são chamados de primários; já aqueles formados por metástases de tumores em outros órgãos, como nas mamas ou nos pulmões, são os secundários, sendo estes responsáveis pela maior parte dos casos de câncer cerebral em adultos; e, além disso podem ser malignos ou benignos”, afirma.

 

* David Pinheiro Cunha é graduado em medicina pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas). Fez residência em Clínica Médica pela PUC Campinas. Possui residência em Oncologia Clínica pela Unicamp, e título de especialista em Oncologia Clínica pela Associação Médica Brasileira – AMB/SBOC. É membro titular da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO). David é sócio do Grupo SOnHe – Sasse Oncologia e Hematologia, e atua na oncologia do Instituto do Radium, do Hospital Santa Teresa e do Hospital Madre Theodora.

 

* Victor Vasconcelos é neurocirurgião especializado em patologias do crânio e da coluna, com ênfase no tratamento de tumores cerebrais e neurocirurgia minimamente invasiva. É especializado pela universidade americana (Ohio State University) em cirurgia endoscópica minimamente invasiva. Atua como neurocirurgião do Hospital Boldrini, da Funcamp, e do Instituto Radium de Oncologia. Ele compõe o corpo clínico credenciado para cirurgias em hospitais referência de Campinas e de São Paulo e é membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia. http://neurocirurgiacampinas.com.br/

 

Sobre o Grupo SOnHe

O Grupo SOnHe – Sasse Oncologia e Hematologia, é formado por oncologistas e hematologista que fazem o atendimento oncológico humanizado e multidisciplinar no Hospital Santa Tereza, Instituto do Radium, Madre Theodora, três importantes centros de tratamento de câncer em Campinas. E no Hospital Santa Casa, em  Valinhos.  A equipe oferece excelência no cuidado oncológico e na produção de conhecimento de forma ética, científica e humanitária, por meio de uma equipe inovadora e sempre comprometida com o ser humano. O SOnHe é formado pelos oncologistas: André Deeke Sasse, David Pinheiro Cunha, Vinicius Correa da Conceição, Vivian Castro Antunes de Vasconcelos, Rafael Luís, Susana Ramalho,  Leonardo Roberto da Silva e Higor Montovani e pelos hematologistas Márcia Torresan Delamain e Paulo Vittor. Saiba mais: no portal www.sonhe.med.br  e nas Redes Sociais @gruposonhe.

Comentários