Campinas: Quadrilha rende funcionários e rouba hipermercado em Campinas, SP

Segundo PM, grupo de 15 homens carregou caminhão com produtos e fugiu.
Suspeitos também levaram dinheiro de cofres do Extra; ninguém foi preso.

Uma unidade do hipermercado Extra, no entrocamento das rodovias Dom Pedro I (SP-065) e Adhemar de Barros (SP-340), em Campinas (SP), foi assaltado na madrugada desta segunda-feira (6). De acordo com a Polícia Militar, uma quadrilha com cerca de 15 homens armados com fuzis e pistolas invadiu o local por volta das 0h, rendeu vigilantes e funcionários e carregou um caminhão com mercadorias. Entre os produtos levados, estão eletroeletrônicos, pneus, além de dinheiro de dois cofres. Os criminosos deixaram o local por volta das 5h, segundo os policiais.

Ainda segundo a PM, o hipermercado já estava fechado quando os suspeitos entraram e não havia clientes no local. Oito funcionários, entre auxiliares de limpeza e vigilantes, foram rendidos e trancados em uma sala enquanto o grupo carregava o caminhão com os produtos roubados. As câmeras de segurança do local foram danificadas pelo grupo.

Um policial militar que atendeu a ocorrência afirmou à EPTV que um vigilante foi agredido na cabeça, mas não precisou de atendimento médico. Além dos produtos e da quantia em dinheiro dos cofres, que não foi informada pela polícia, o grupo também roubou um revólver e um colete de um dos seguranças, de acordo com a PM. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos também fugiram em três carros.

A ocorrência foi registrada no 4º Distrito Policial de Campinas, no bairro Taquaral, e até a publicação da reportagem ninguém havia sido preso. O hipermercado abriu normalmente na manhã desta segunda-feira.

Em nota, a assessoria de imprensa do Extra confirmou o assalto, informou que não houve feridos e está colaborando com as investigações. O hipermercado ainda afirmou que a loja possui medidas de segurança para “coibir a ocorrência de delitos como câmeras de segurança, controle de entrada e saída de veículos por meio de cancelas e equipe treinada para monitorar e acionar as autoridades competentes mediantes qualquer atitude”.

Fonte: G1

Comentários

Notícias relacionadas