Câmara barbarense adota sistema de VLIBRAS em seu site

Com o intuito de ampliar o acesso à comunicação e promover a inclusão de pessoas com deficiência auditiva aos conteúdos digitais, a Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste passou a disponibilizar, ontem (24), em seu site (www.camarasantabarbara.sp.gov.br), o sistema VLIBRAS, que pode ser utilizado para a tradução dos textos para a Língua Brasileira de Sinais. Esse software público, que está disponível para download na página inicial da Câmara, consiste em um conjunto de ferramentas que traduz conteúdos digitais (texto, áudio, vídeo) para LIBRAS.

“Essa medida simples e sem custos aos cofres do Legislativo atende a uma exigência legal de acessibilidade digital, permitindo que os cidadãos com deficiência auditiva tenham acesso às informações da Câmara Municipal, tornando nossa Casa de Leis ainda mais democrática”, afirmou Ducimar Cardoso, o Kadu Garçom, presidente da Câmara barbarense. De acordo com o censo demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010, existem no Brasil cerca de 9,5 milhões de pessoas com algum nível de deficiência auditiva, o que representa aproximadamente 5% da população.

VLIBRAS

A Língua Brasileira de Sinais é um conjunto de formas gestuais utilizadas para a comunicação, a qual conta com mais de 11 mil símbolos, e que ajuda a tornar conteúdos digitais compreensíveis a deficientes auditivos sem capacidade de leitura. O VLIBRAS foi desenvolvido em parceria entre Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação e a Universidade Federal da Paraíba.

Comentários

Notícias relacionadas