fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Santa Bárbara d´Oeste

Calçadas em torno da Fundação Romi, na Avenida Castelo, passam por remodelação

Quem pratica atividade física como caminhada / corrida / ciclismo, ou simplesmente passa pela Avenida Monte Castelo próximo à rotatória da Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste, já notou que houve mudanças nas calçadas que levam até a portaria do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi.

 

A revitalização ocorreu por necessidade de manutenção no pavimento e a substituição das árvores antigas que, além de estarem mortas e secas, tinham danificado as calçadas de concreto de toda aquela região, o quer vinha prejudicando muito o uso por parte dos caminhantes da área, trazendo novos ares em torno das instalações da Fundação Romi e da Av. Monte Castelo.

“Em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, foi realizada a remoção das antigas árvores, e plantadas novas. As raízes das que estavam no local, ajudaram a levantar as placas de concreto da calçada. Com isso, foi necessário a substituição, para que pudesse ser feito de forma correta a obra”, explica o superintendente da Fundação Romi Vainer Penatti.

 

A parte de paisagismo seguiu o novo modelo aplicado no município de Santa Bárbara d’Oeste com pedaço de pavimento e uma parte de grama, e plantio das árvores novas. Vale destacar que foram plantados Ipês nas cores branca e amarela. “Por muitos anos as calçadas estavam com as peças de concreto levantadas, devido as raízes das árvores. Recebemos alguns apontamentos de caminhantes daquela área”, fala o superintendente. “Logo estaremos com esta área florida, com lindos Ipês”, finaliza.

 

A repaginação do espaço, além de deixar a calçada assimétrica, contribui para que a área fique bonita e preservada. “Nosso espaço tem uma ampla área verde. Por ser um local de apoio, já que muitos usam para acesso a portaria da Monte Castelo do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi, nada melhor que revitalizarmos e deixarmos em ordem. A parte de paisagismo ficou por conta da Secretaria de  Meio Ambiente, que conduziu de maneira brilhante substituição das árvores do local e plantio do gramado. Nós, Fundação Romi, ficamos responsáveis pela concretagem, e quem ganha são todos”, conclui Vainer Penatti.

 

 

Sobre a Fundação Romi

 

Seu legado iniciou em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi. Tendo como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura, a Fundação Romi é pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, beneficiando mais de 30 mil pessoas, por ano, através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Mantenedora do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, oportuniza a formação integral, autônoma e protagonista de crianças, adolescentes e jovens. Promove, por meio de seu Centro de Documentação Histórica, a preservação da história da cidade e região com o processamento técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa.  Tem na educação patrimonial, destinada para alunos da educação básica, a disseminação do conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania. Na Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste que, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas atende milhares de pessoas por ano. A Fundação Romi está localizada à Avenida João Ometto, 200, Jardim Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários