Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Cada vez mais as famílias saem das grandes cidades e partem rumo ao interior

 

 

Especialista em mercado imobiliário, Rafael Scodelario revela que brasileiros estão buscando qualidade de vida para suas famílias. Mas mostra o que deve ser levado em conta antes de fazer as malas.

 

Até pouco tempo, o fluxo de famílias que saíam do campo para morar nas grandes cidades era um dos movimentos imigratórios mais comuns no Brasil. Seja por buscar melhores condições de trabalho, saúde e educação, o fato é que o crescimento dos centros urbanos, aliado ao aumento do trânsito, estresse e violência tem obrigado agora as pessoas a partirem em direção contrária.

 

Com a pandemia, as medidas restritivas de circulação e de convívio social têm acelerado este processo. “Sem poder sair de casa e com as atividades diárias sendo executadas via computador, as famílias têm buscado nas cidades das regiões metropolitanas um espaço onde possam criar seus filhos num ambiente longe dos transtornos citados e buscando uma qualidade de vida que perderam ao longo deste período”, revela o especialista em mercado imobiliário, Rafael Scodelario.

Rafael Scodelario.

Porém, para quem pensa em ver os filhos crescendo em comunhão com a natureza e vivendo num ambiente mais agradável, é importante avaliar alguns critérios antes de fazer as malas, orienta o especialista:

 

1-        Distâncias. Quer ir para longe da cidade? Rafael observa que “uma opção é um sítio nos arredores de um grande centro urbano. A pandemia um dia vai acabar e as pessoas deverão voltar ao trabalho normal, por isso é preciso estar preparado para encarar mais quilômetros rodados por dia se desejar ir e voltar para casa. Então, um sítio numa cidade de região metropolitana pode ser um caminho viável para fazer estes deslocamentos”.

 

2-        Vida profissional. Dependendo da profissão, uma mudança de emprego pode ser até bem vinda: “Procure se informar sobre as oportunidades naquela cidade, caso o seu desejo é ir para uma cidade interiorana. Veja quais são as principais oportunidades naquele lugar, e se for o caso, invista numa troca de funções e abra seu leque para novas oportunidades”.

 

3-        Educação dos filhos. “Em uma vida profissional cada vez mais competitiva, é natural que todos os pais busquem o melhor para a formação de seus filhos. Observe se aquela região possui boas escolas e se elas são de fácil acesso para o deslocamento deles”, complementa o especialista.

 

4-        Saúde. “Em tempos de pandemia, nada mais natural do que desejar um bom hospital perto de casa. Afinal, em casos de emergências, o tempo é primordial para o restabelecimento da pessoa. Veja se naquela cidade há estrutura adequada para atender a população e se há médicos especializados como há no grande centro urbano”. Além disso, Rafael pondera uma atenção especial aos serviços farmacêuticos: “Se tiver farmácia perto, é um ótimo sinal, pois nunca se sabe quando um medicamento será necessário, então é sempre recomendado ter este auxílio por perto”.

 

5-        Tecnologia. “Em tempos onde cada vez mais as pessoas executam atividades pela internet, é preciso observar se aquele local possui sinal adequado e que te permita fazer tudo o que precisa sem ter transtornos com a conexão”, ressalta o especialista.

 

Diante deste cenário, o CEO do Grupo Escodelar acredita que qualquer família poderá mudar de ares e “partir para uma nova jornada com segurança, saúde, e, principalmente, qualidade de vida”, completa.

 

Divulgação / MF Press Global