AutoMotor Esportes 

Brasileiros reassumem liderança do Rally Dakar

Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Duda Bairros/photosdakar.com)

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin sobrevivem à sétima etapa e contam com problemas dos rivais para voltar ao topo nos UTVs.

Depois de comerem o pão que o diabo amassou no dia anterior, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin reassumiram a liderança do Rally Dakar após terminarem a sétima etapa de 2019, em San Juan de Marcona, na segunda posição e contar com sérios problemas de seus principais rivais.

E olha que eles ainda pararam tentaram ajudar, pelo menos, seus companheiros de Monster Energy Can-Am Team, Gerard Farrez/ Daniel Oliveras, que lideravam a competição e Casey Currie/Rafael Tornabell. Além disso, os russos Sergey Kariakin e Anton Vlasiuk, vice-líderes, capotaram e ficaram para trás, deixando o caminho livre para Varela e Gugelmin – que também tiveram seus problemas, mas em proporção bem menor.

“Larguei e meu pneu furou depois de 400 metros. Fiz uma curva e peguei uma pedra – além de quebrar uma correia. Paramos para ajudar outro competidor, depois outro atolou e tentamos ajudar, mas a corda estourou e seguimos para não perder tempo. Agora que retomei a liderança, espero não perdê-la mais. O carro está bem e isso que importa. Vamos para cima.”, relata Varela.

“Tudo muda de uma hora para outro. Um dia a gente está bravo, decepcionado e no outro nos vemos na frente. Estamos de novo na briga, mesmo com alguns probleminhas. Estamos quatro minutos à frente e faltam três dias, então não tem nada que economizar!”, completa Gugelmin.

Outra boa notícia foi a recuperação de Bruno Varela, que subiu de 20º para 12º no geral após terminar o dia também em 12º. A vitória na etapa desta segunda ficou com Chaleco Lopez/Alvaro Quintanilla, que está exatamente 4min03s atrás dos líderes. Nesta quinta-feira, o Dakar se despede de San Juan de Marcona e volta a Pisco em um trajeto 576 quilômetros, sendo 361 de trechos especiais. Confira abaixo os resultados do dia e a classificação geral.

Resultado da sétima etapa:

1. C. Lopez/A. Quintanilla (CHI/Can-Am), 4h30min8s
2. R. Varela/G. Gugelmin (BRA/Can-Am), a 22min4s
3. R. Piazzolli/J. Diaz (CHI/Can-Am), a 23min8s
12. B. Varela/ M. Justo (BRA/Can-Am), a 1h39min34s

Classificação geral:
1. R. Varela/G. Gugelmin (BRA/Can-Am), 31h33min41s
2. C. Lopez/A. Quintanilla (CHI/Can-Am), a 4min3s
3. R. Piazzolli/J. Diaz (CHI/Can-Am), a 45min26s
12. B. Varela/ M. Justo (BRA/Can-Am), a 24h13min48s

Comentários

Leia também...