Brasil / Mundo Esportes 

Brasileiros garantem vaga em três finais de simples do Brasil Juniors Cup

Gaúcho Gustavo Tedesco está na final dos 14 anos . Crédito: Luiz Cândido

 

Brasil fatura título de duplas nos 14 masculino e feminino; paraguaios são campeões nos 16

 

O sábado pela manhã será de muita torcida nas quadras do Grêmio Náutico União, em Porto Alegre. A partir das 9h serão realizadas as partidas decisivas das categorias 14 e 16 anos, com ingresso gratuito, mediante a identificação junto à portaria do clube. E tanto nos 14 como nos 16 anos, a comemoração poderá ser brasileira, com a presença dos tenistas Gustavo Tedesco, Amanda Oliveira, Carolina Xavier e Gabriel Generoso.

O primeiro a garantir vaga na final foi o caxiense Gustavo Tedesco. Numa atuação de luxo, o principal favorito da categoria 14 anos masculino passou facilmente pelo argentino Giuliano Furlotti, quarto cabeça de chave, por um duplo 6/0. Para ele, o diferencial da vitória foi começar intenso desde o começo do jogo.

 

“Acho que meu adversário esteve um pouco abaixo hoje, aproveitei a situação e consegui este resultado expressivo. Estou crescendo jogo a jogo, elevei meu nível nas últimas partidas. Espero jogar assim amanhã para sair campeão”, afirma. Na final, ele enfrentará Diego Cueto. O peruano, sétimo cabeça de chave, venceu Miguel Larrea, do Equador, segundo favorito, em três sets, placar de 6/4, 2/6 e 6/4.

 

Na categoria 14 anos feminina, a final será 100% brasileira. No primeiro confronto, em duelo brasileiro, quem se saiu melhor foi Amanda Oliveira. A tenista caxiense, que agora mora no Rio de Janeiro e treina na academia Tênis Route, ganhou da paranaense Isabelle Torres, em dois sets, placar de 6/4 e 6/1. A terceira favorita acredita que manteve a consistência em quase toda a partida e isto foi determinante para a vitória, principalmente no primeiro set.

 

“Consegui dar o meu melhor, estou tendo uma atitude positiva a semana inteira, amanhã espero que não seja diferente”, disse. Após, foi a vez de Carolina Xavier conseguir outra importante vitória. A catarinense, quarta favorita, derrotou a paraguaia Lujan Alegre, décima do ranking Cosat, de virada, parciais de 4/6, 7/6(3) e 6/2. “Não desisti nunca, mesmo em momentos complicados. No terceiro set minha adversária pareceu cansada e ganhei mais tranquila”, afirma.

 

Na categoria 16 anos masculino, em duelo muito equilibrado entre Gabriel Generoso e Richard Gama, o mineiro levou a melhor e superou o adversário de Mato Grosso, em dois sets, placar de 6/3 e 7/6 (2). Morando em Araraquara, mas treinando no Centro de Formação e Rendimento em São Carlos, Generoso disse que a partida foi muito dura e decidida nos detalhes.

 

“A diferença é que errei um pouco menos, estava calor, complicado de jogar para os dois. Agora que estou na final novamente, espero uma melhor sorte desta vez”comenta o mineiro que vem de vice-campeonato semana passada no Rio de Janeiro. Na finalíssima, o mineiro encara Ignácio Buse. O peruano, cabeça de chave número 11 da categoria, ganhou do paranaense Kaua Gava, em três sets, parciais de 6/4, 6/7(7) e 6/0.

 

Nos 16 anos feminino, a final será estrangeira. Alessia Martinez venceu a última esperança brasileira da categoria. A peruana ganhou da gaúcha Sophia Xavier, em dois sets diretos, parciais de 6/2 e 6/1. Ela jogará a decisão contra a boliviana Gabriela Flores, terceira cabeça de chave, que passou pela principal favorita, a paraguaia Leyla Britez, de virada, parciais de 2/6, 6/2 e 6/2.

 

 

Brasileiros são campeões de duplas nos 14 masculino e feminino. Paraguaios ficaram com os títulos nos 16 anos

 

 

O Brasil garantiu os títulos de duplas, categorias 14 anos masculino e feminino, do Brasil Juniors Cup, que está sendo jogado nas quadras do Grêmio Náutico União. Na tarde desta sexta-feira, em final 100% brasileira, o paulista Thomas Kano e o mineiro William Norton (MG) passaram pelo tenista do Distrito Federal, João Rafael Vieira e pelo mineiro Leonardo Bastos, por dois sets a zero, parciais de 6/4 e 6/0.

 

Quem também levou o caneco foi a dupla formada pela gaúcha Amanda Oliveira e a catarinense Carolina Xavier. Elas venceram a paraguaia Lujan Alegre e a argentina Luciana Moyano, principais favoritas da categoria, placar de 6/4 e 6/3.

 

Na categoria 16 anos, os gringos garantiram os títulos. No masculino, os paraguaios Adolfo Vallejo e Martin Antonio Vergara Del Puerto ganharam do paulista Gabriel Constantino e do mato-grossense Richard Gama por duplo 6/4 tornando-se campeões. No feminino, as paraguaias Leyla Britez Risso e Paulina Martinessi ficaram com o título, derrotando a boliviana Gabriela Flores e a peruana Alessia Martinez, parciais de 6/0 e 7/5.

 

 

Principal favorita ao título dos 18 anos garante vaga na semifinal

 

 

A sexta-feira também definiu os semifinalistas dos 18 anos, masculino e feminino do Brasil Juniors Cup. Mais uma vez a francesa Diane Parry fez valer a condição de principal favorita ao título da competição. Ela passou pela eslovena Pia Lovric, por dois sets a zero, com parciais de 6/1 e 7/6.

 

Segunda favorita, a norte-americana Alexa Noel não teve dificuldades para superar a compatriota Charlotte Owensby, por 6/3 e 6/2.

 

Quarta pré-classificada, a japonesa Natsumi Kawaguchi teve tranquilidade suficiente para administrar a partida contra a francesa Julie Belgraver e vencer por fáceis 6/2 e 6/3. “Consegui me manter calma no jogo, não deixei ela me atacar, consegui trabalhar muito bem os pontos. Na próxima partida espero fazer a mesma coisa, manter o mesmo nível”, comenta Natsumi.

 

Em outra disputa, a espanhola Ane Del Olmo derrotou a argentina Ana geller, por dois sets a um, com 6/7, 6/2 e 6/4.

 

Na chave masculina, O japonês Keisuke Saitoh, segundo favorito ao título, foi surpreendido pelo norte-americano Martin Damm, por dois sets a zero, parciais de 6/4 e 6/1.

 

O norte-americano Toby Kodat, responsável pela eliminação do cabeça de chave número 1, Nicolas Varona, segue em ritmo forte. Ele derrotou o canadense Taha Baadi por dois sets diretos, com 6/1 e 7/6.

 

Aos 15 anos, o espanhol Carlos Garfia, pupilo do ex-número um do mundo, Juan Carlos Ferrero, era pura felicidade. Ao vencer o norte-americano Tyler Zink, por duplo 6/2, Garfia alcançou pela primeira vez uma semifinal de um torneio Grupo A da Federação Internacional de Tênis (ITF). “Estou muito feliz, é um torneio de alto nível, joguei muito bem, solto e sem pressão, espero continuar assim”, comemora Garfia.

 

Quem também saiu de quadra com vitória foi o argentino Thiago Tirante. Ele derrotou o francês Arthur Cazaux em um jogo duríssimo, no tie break do terceiro set.

 

A rodada deste sábado, com quatro jogos das semifinais, masculino e feminino, tem início às 9h30, com entrada aberta ao público na Associação Leopoldina Juvenil. Neste sábado também serão disputadas as semifinais de duplas dos 18 anos, masculino e feminino.

 

 

Confrontos deste sábado das categorias 14 e 16 anos

 

14 anos Masculino

Gustavo Tedesco (1) x Diego Cueto (7)

 

14 anos Feminino

Amanda Oliveira (3) x Carolina Xavier (4)

 

16 anos Masculino

Ignácio Buse (11) x Gabriel Generoso

 

16 anos Feminino

Gabriela Flores (3) x Alessia Martinez

 

 

Confrontos deste sábado da categoria 18 anos

 

Feminino

 

Natsumi Kawaguchi x Alexa Noel

 

Diane Parry x Ane Mintegi Del Olmo

 

Masculino

 

Toby Kodat x Thiago Tirante

 

Carlos Garfia x Martin Damm

Comentários

Leia também...