Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Brasil fatura 18 medalhas no Grand Prix Internacional Infraero de Judô

Alana Maldonado conquistou o ouro do Grand Prix na categoria 70kg. Foto: Bruno Miani

Judocas da Seleção Brasileira usaram o evento como um teste para a principal competição do ano: os Jogos Paralímpicos Rio 2016

O Brasil conquistou 18 medalhas no Grand Prix Internacional Infraero de Judô, disputado no último sábado (05.03), na Escola de Educação Física do Exército, no Rio de Janeiro. Destaque para Alana Maldonado e Deanne Almeida, que garantiram dois ouros na reta final de preparação para os Jogos Paralímpicos do Rio-2016.

A menos de seis meses para o início dos Jogos do Rio, os judocas da Seleção Brasileira usaram o evento como um teste para a principal competição do ano. Foram 15 países competindo no Grand Prix, o que já deu para ter uma dimensão de como serão as Paralimpíadas.

De todas as medalhas conquistadas por brasileiros, sete foram com atletas da Seleção: os ouros de Alana Maldonado (70 kg) e Deanne Almeida (acima de 70 kg), as pratas de Wilians Araújo (acima de 100 kg), Lucia Araújo (57 kg), Michele Ferreira (52 kg) e os bronzes de Karla Cardoso (48 kg) e Luiza Oliano (48 kg).

25643736415_da7a104fec_k.jpg
Willians Araújo ficou com a prata na categoria acima de 100kg. Foto: Bruno Miani
A Ucrânia foi a grande vencedora da competição com quatro medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze. Em segundo lugar ficou a Rússia, e logo em seguida, Cuba. Com os resultados obtidos pelos judocas da Seleção, caso fossem somados, o Brasil ficaria com terceiro lugar no quadro geral de medalhas. No entanto, alguns atletas do país estavam a serviço dos clubes.

Durante a competição, foi possível sentir um pouco da energia da torcida. “Já imagino toda a minha família, os meus amigos. Vai ser muito importante. Será dois contra um. Eu e a torcida contra o meu adversário, então vai ser um momento único, inesquecível. E se Deus quiser estar no ponto mais alto do pódio”, declarou Wilians Araújo.

O Grand Prix Internacional INFRAERO de Judô Para Cegos contou com a participação de atletas de todo o Brasil, além das delegações de 15 países, que competiram nas categorias iniciante e adulto. Até quarta-feira, 9, os judocas da Seleção Brasileira e de mais de 12 países permanecem em treinamento no Rio de Janeiro.

mosaicograndprix.jpg
Brasil faturou um total de 18 medalhas no Grand Prix. Fotos: Bruno Miani

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)

Comentários

Dennis Moraes