Bernard: mais tranquilo e amadurecido, à espera de uma oportunidade

Na entrevista coletiva deste domingo, após o treino, Bernard mostrou que continua com a mesma confiança e esperança  que seu futebol, feito de “alegria nas pernas”, como definiu Felipão, possa aparecer com a mesma competência na Copa do Mundo daquela que aconteceu na Copa das Confederações de 2013.

– Tenho muito respeito por todos os meus companheiros, e torço muito por eles, mas vou continuar dando o meu melhor nos treinos para não  ser surpreendido quando a chance de entrar no time aparecer.

Bernard se disse ainda mais bem preparado agora do que há um ano. Na Copa das Confederações, mesmo na suplência, ele foi um dos destaques da campanha, com belas atuações sempre que era lançado.

– Chego à Copa do Mundo muito mais tranquilo e amadurecido para jogar o meu futebol.

Tranquilo mesmo, como demonstrou ao responder à pergunta sobre o seu futuro. Se ele pretendia deixar o futebol da Ucrânia quando terminada a Copa do Mundo.

– Não é o momento de pensar no futuro. Estou na Seleção Brasileira vivendo um momento único, o de disputar uma Copa do Mundo, e plenamente concentrado nesse objetivo.

Sobre o jogo contra a Croácia, na estreia de quinta-feira, na Arena Corinthians, Bernard diz ter uma convicção.

– Tenho a certeza que a torcida vai empurrar a Seleção Brasileira para a vitória. Vai jogar junto como time.

CBF

Comentários

Notícias relacionadas