Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Banco do Povo de Nova Odessa inova e libera crédito para a primeira loja virtual

Imagem ilustrativa

Em 12 anos, unidade financiou R$ 4,7 milhões para micro e pequenos empreendedores

 

 

 

O Banco do Povo Paulista (BPP) completa 12 anos de história em Nova Odessa alcançando a marca de 1.022 pessoas atendidas, com a liberação de R$ 4.798.517,02 em recursos financiados para micro e pequenos empreendedores. O órgão traz ainda a inovação, por exemplo, de liberar pela primeira vez crédito para funcionamento de uma loja virtual na cidade – pertencente ao ramo do ‘e-commerce’.

 

Os empréstimos variam de R$ 200 a R$ 20 mil, com juros de 0,35% ao mês e as linhas de crédito podem ser pagas em até 36 meses, não sendo cobrada nenhuma taxa para liberação do crédito. Os empréstimos solicitados ao BPP significam índices positivos, uma vez que o banco financia investimentos nos negócios e compra de equipamentos, entre outras melhorias, e não dívidas.

 

Os empreendedores solicitam a obtenção de recursos a juros baixos para adquirir equipamentos e abrir, ou expandir, os próprios negócios. “Ultimamente percebemos que estão em alta principalmente os ramos relacionados à beleza e estética, como cabeleireiros, manicures e, massoterapeutas, além de costureiras e também artesanato”, conta a agente de crédito, Márcia Faria Stephan.

 

“Em termos proporcionais, Nova Odessa é uma das cidades que mais empreende através do Banco do Povo em toda a região”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Elvis Ricardo Garcia. Segundo ele, o apoio ao empreendedorismo é importante para gerar emprego e renda. “Auxilia muita gente a impulsionar os negócios, indo além das linhas tradicionais dos bancos”, ressalta.

 

Novidade – A primeira loja virtual (e-commerce) de Nova Odessa a receber crédito do Banco do Povo está utilizando os R$ 7.500 para investir na compra do desenvolvimento do software que vai operacionalizar as atividades. “A gente está aguardando a conclusão do programa virtual para o início do próximo ano, em janeiro ou fevereiro”, diz o empreendedor Edmílson Aparecido dos Santos.

 

O contrato prevê o pagamento do montante em 36 parcelas mensais e fixas. Apesar de virtual, a loja tem sede física – no Jardim São Jorge – e vai trabalhar com a chamada ‘bonificação de marketing multinível’. Serão comercializados produtos de cosméticos, bijuterias, cama, mesa e banho, assim como utilidades domésticas e assessórios automobilísticos, entre outros itens.

 

“É uma linha bem grande de produtos. Como não terei armazenamento próprio de mercadorias, vou trabalhar com estoque de parceiros”, explica Edmílson Santos. O empreendedor procurou inicialmente por linha de crédito em banco tradicional, mas ao comparar achou mais atrativas as condições do Banco do Povo Paulista. “Ainda não concluiu o software, mas já temos grandes expectativas”, finaliza.

 

“O Banco do Povo de Nova Odessa é um grande parceiro dos micro e pequenos empreendedores”, completa o secretário Elvis Garcia. O atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30, em prédio anexo à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, na Avenida Eddy de Freitas Crissiúma, número 150, no Centro. O telefone para obter mais informações é o (19) 3466-3010.

Comentários

Dennis Moraes