RMC Saúde 

Banco de sangue do HM de Americana recebe doação de atiradores

Um grupo de 30 atiradores do Tiro de Guerra de Americana realizou nesta quinta-feira (1º) doação de sangue para o banco de sangue do Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi”. A ação foi resultado de um pedido feito pelo secretário municipal de Saúde, Gleberson Miano, ao primeiro sargento, Evaldo Zuzarte França, que convocou os atiradores para o ato.

Ao ser informado pelo HM de que o estoque estaria baixando, Gleberson disse que se lembrou de quando foi atirador em Americana e ajudava em campanhas diversas, momento em que tomou a iniciativa de solicitar a colaboração do TG. “Quando fui informado que no final de semana nós estaríamos com déficit de bolsas de sangue, lembrei da época em que fui atirador em Americana e participava dessas campanhas para ajudar o município”, recordou. Ele agradeceu a colaboração dos atiradores, bem como do primeiro sargento, a quem reconheceu a prontidão em atender seu pedido. “Prontamente o sargento disponibilizou 30 atiradores que estão nos ajudando, fazendo a doação de sangue pra melhorar os nossos estoques.”, enfatizou o secretário.

O grupo foi dividido em três turnos, sendo 10 atiradores para cada hora de coleta, que teve início às 8h. Com essa distribuição por horário, o banco de sangue não precisou fazer nenhum esquema especial para atender outros doadores, já que as doações acontecem de segunda a sexta-feira, exceto às quartas-feiras e feriados, das 8h às 11h30.

Ao final da manhã, somente os atiradores haviam contribuído com 44 bolsas de sangue, o que irá ajudar na manutenção regular do estoque para as transfusões, considerando a proximidade do feriado de Finados, que por ser prolongado faz aumentar o número de transfusões em consequência de acidentes, principalmente os de trânsito, que estatisticamente é maior nesses períodos do ano.

De acordo com o Hospital, a doação feita pelos atiradores foi para todos os tipos sanguíneos, porém, os tipos mais utilizados e que geralmente baixam o estoque são A e O, tanto negativo como positivo. De janeiro deste ano até o mês de outubro, o banco de sangue contabilizou 300 doações, aproximadamente, feitas por doadores regulares.

Fotos: Divulgação

Comentários

Leia também...