SB24Horas

Notícia na hora certa!

Avança o processo de ‘matriciamento’ da Rede de Saúde de Nova Odessa com o AME de Santa Bárbara

Desde abril de 2021, as equipes técnicas da Secretaria de Saúde de Nova Odessa veem se aproximando da equipe do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Santa Bárbara d’Oeste, uma das principais unidades estaduais de referência para o encaminhamento de pacientes da cidade para serviços de média e alta complexidade, através do chamado processo de matriciamento.

 

Na última semana, por exemplo, as profissionais Gabriela Maria Modenese e Lilian Rouse Genesini Soares, do AME, estiveram em Nova Odessa para uma reunião com foco na Regulação das vagas destinadas pelo Estado à cidade através do SUS (Sistema Único de Saúde).

 

“A aproximação com o AME Santa Bárbara – uma das principais unidades de referência regional – tem otimizado os trabalhos, atendendo a demanda reprimida em consultas com especialistas, exames e pequenas cirurgias. Essa aproximação faz com que a equipe do AME conheça nossas necessidades, direcionando as vagas de acordo com o que realmente precisamos”, afirmou a secretária interna de Saúde de Nova Odessa, Sheila Moraes.

 

Na reunião, as representantes do Ambulatório definiram um estudo das cotas com o objetivo de ajudar ainda mais Nova Odessa, oferecendo, por exemplo, exames de doppler, que a Rede Municipal tem tido dificuldades em obter, e PAFF de tireóide.

 

Outro benefício dessa aproximação é que, quando há faltas de pacientes de Nova Odesa “em cima da hora”, a equipe de Santa Bárbara liga para a Central de Regulação da Saúde de Nova Odessa e consegue “encaixar” imediatamente outros pacientes, sem perder a vaga. “Isso também é um ganho graças ao matriciamento”, destacou a secretária.

 

O médico regulador da Rede Municipal de Saúde novaodessense, Herman Gustavo Benavides Del Rio, também participou da reunião, para conhecer mais de perto os protocolos do AME de Santa Bárbara, se inteirando de todos os atendimentos realizados.

 

No início de julho, várias UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade já haviam sido visitadas pela equipe de matriciamento do AME, sendo realizadas reuniões com o objetivo de conhecer todo o processo de Regulação regional. Também foram realizados treinamentos in loco com a equipe da Central de Regulação, e oficinas com os motoristas que fazem o transporte dos pacientes até o município vizinho.

 

Segundo Sheila, o próximo passo agora neste processo de matriciamento da Rede Municipal com a unidade de referência regional será a capacitação dos médicos da Atenção Básica (formada pelas sete UBSs da cidade), apresentando a ales o protocolo de acesso aos serviços e vagas disponibilizados pelo Ambulatório.

 

Isso deve acontecer ainda este mês de outubro. A parceria visa humanizar ainda mais o atendimento da Rede de Atenção Básica, bem como agilizar e qualificar os encaminhamentos dos pacientes da cidade, e conta com apoio do DRS 7 (Departamento Regional de Saúde Campinas).

 

“Esse matriciamento possibilitará que o paciente seja encaminhado direto da Unidade Básica da Saúde para o AME, sem que tenha que passar pelo especialista do nosso Ambulatório de Especialidades, abreviando o caminho e otimizando os atendimentos das nossas unidades”, comentou Jaqueline Serrano, coordenadora do Ambulatório e da Central de Regulação Municipal.

 

ATENÇÃO AO CADASTRO!

 

Como é sempre ressaltado pela Saúde, o paciente que aguarda consulta, exame ou cirurgia e mudou de endereço ou telefone deve procurar imediatamente a UBS onde é “referenciado” ou o Setor de Cadastro da Secretaria – a central do Cartão Mais Saúde, no antigo CTVP, atrás do Hospital e Maternidade Municipal. Outra opção para estas pessoas que mudaram de telefone é o novo número de WhatsApp da Central de Regulação da Rede Municipal de Saúde, o (19) 99752-6023.