Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Ator e cantor Fábio Keldani e Isabella Taviani falam sobre término de relacionamento em canção “Último Grão”

Os fãs que se derretem com o carisma e talento do ator Fábio Keldani, agora também podem conferir um pouco mais da versatilidade artística dele. Sempre com um sorriso no rosto e muito bom humor, o ator, que coleciona em seu currículo novelas como “Fina Estampa”, “Viver a Vida”, “Os Mutantes”, “Caminho das Índias”, “Malhação” e “Sítio do Pipacapau Amarelo, trouxe sua alegria e bom humor para estrear novos projetos como cantor. A novidade chega junto com a música “Último Grão”, parceria com a cantora Isabella Taviani, que estará disponível em todas as plataformas digitais em formato de single e vídeo a partir desta sexta-feira, 16.

Com sonoridade que passeia pelo R&B, a canção é uma grande aposta da cantora para a nova estação e fala sobre término de relacionamento, mas de forma respeitosa e amigável. “A Bela, além de uma profissional incrível, é uma pessoa que emana energia boa, e nós ficamos super felizes com a música que é linda, e que passa uma mensagem muito positiva de que términos podem acontecer e ficar uma harmonia entre os dois. Ela fala sobre algo bonito, uma união que tinha tudo para durar, mas que o vento mudou a direção, e tudo bem”, conta Fábio.

O clipe ambientado num estúdio no Joá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, traz um clima romântico e um tanto quanto nostálgico ao recriar subjetivamente o encontro entre o casal, cantando se encarando e terminando o relacionamento, através de memórias do passado usadas em recortes ao longo do vídeo. “A ideia é trazer muita identificação do público, que ao assistir, com certeza, vai relembrar também seus términos e/ou idas e vindas”, explica a artista, que além de cantar e interpretar durante o clipe, também participou da criação do roteiro, direção artística, e produção.

O acúmulo de tarefas, segundo Fábio, vai de encontro às precauções e cuidados contra a COVID-19, que pede uma equipe mais reduzida, evitando aglomerações. O que ainda de acordo com o artista não compromete em nada o resultado final do trabalho, que chega com grande potencial de hit. “Acho que o público vai curtir muito, porque a música é de certa forma a nossa cara, já que somos brasileiros românticos e sonhadores, que acreditamos até o fim. E as vezes dá certo né!”, brinca ao concluir.