fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Atletismo de S.Bárbara é destaque no Brasil com título na São Silvestre e centenas de medalhas em 2019

Muitas vitórias, resultados importantes e projeções de novos talentos. A temporada de 2019 da SB Atletismo / Seme (Secretaria Municipal de Esportes) superou as expectativas e colocou Santa Bárbara d’Oeste em uma posição de destaque na modalidade. No ano passado, o Atletismo e o Atletismo Paralímpico conquistaram centenas de medalhas em diversos eventos esportivos, encerrando o ano com o título da Corrida de São Silvestre  – prova para cadeirantes com Josenilton Souza dos Santos.

A SBAtletismo / Seme é comandada pelos técnicos Carlos Alberto Sachetto e Leandra Piveta, com assistência técnica de Paulo Ávila, e formada por 90 atletas. A equipe conta ainda com voluntários fisioterapeutas (Elaine Zurita, Lucas Piveta e Simone Kirschke) e médico (Sérgio Zurita) e apoio do Escritório de Contabilidade Serv Cont. Os treinamentos ocorrem na pista do Centro Social Urbano e na Nova Estação Cidadania – Esporte, entregue recentemente pelo prefeito Denis Andia. E se 2019 foi um ano de grandes conquistas, 2020 é um ano que promete ainda mais.

“Tive um ano muito bom. E no que depender de mim, 2020 será melhor ainda” comentou Josenilton. “A vitória na São Silvestre foi um prêmio por tudo que ele fez durante o ano, com muito treino e dedicação. São resultados expressivos. Isso mostra a garra em relação aos treinamentos, com superação de traumas, como o que o deixou paraplégico. Mais do que resultados, o esporte traz superação para enfrentar as dificuldades do dia a dia” acrescentou o técnico Sachetto.

Josenilton é apenas um dos destaques do time. Campeão da São Silvestre, 5º colocado na Corrida Tribuna FM 10 Km de Santos, destaque do Ranking Brasileiro com o 2º melhor tempo em Maratonas de 42 Km e o 4º melhor tempo em provas de 10 Km, o baiano-barbarense convive com outros grandes talentos. No lado feminino, a atleta cadeirante Mary Gonçalves compete na categoria F-54 e finalizou 2019 na 2ª posição no Ranking Brasileiro e na 18ª colocação no Ranking Mundial do Lançamento do Dardo, além de dois bronzes no Open Internacional.

Ainda em relação ao Ranking Brasileiro, a atleta cadeirante Fabiana de Paula (T53) foi a 3ª colocada nos 200 metros e a atleta cadeirante Fernanda Cristina Passarin (T54) a 5ª colocada nos 200 metros – Fernanda também foi campeã da Meia Maratona Avenida Brasil em Americana de 5Km. Já o atleta cadeirante Natanael Granuzzo foi o 6º do Ranking Brasileiro nos 100 metros.

Medalhas, medalhas e mais medalhas entre crianças, jovens, adultos e veteranos

Seja no Atletismo Convencional ou no Atletismo Paralímpico, crianças, jovens, adultos e veteranos colocaram a bandeira de Santa Bárbara d’Oeste no pódio em competições locais, regionais, estaduais e nacionais.

Na 63ª edição do Jogos Regionais, em Americana, Santa Bárbara foi campeã na categoria feminina do Atletismo Paralímpico e 8º colocada no masculino da modalidade. Foram conquistadas 38 medalhas, sendo 23 de ouro, 9 de prata e 6 de bronze. Na mesma competição, o Atletismo Convencional assegurou a 6ª posição no Masculino e a 11ª colocação no Feminino, com quatro medalhas, sendo uma prata e três bronzes.

Nos Jogos Abertos do Interior, em Marília, o Atletismo Paralímpico alcançou a 5ª colocação no geral feminino, com 15 medalhas, sendo cinco ouros, quatro pratas e seis bronzes. No Circuito Loterias Caixa, evento organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, a equipe barbarense conquistou 5 medalhas, sendo três ouros, uma prata e um bronze.

Por fim, no Atletismo Convencional, o 51º Campeonato Estadual Master, em São Paulo, teve a conquista de nove medalhas com dois ouros, seis pratas e um bronze, e o Circuito Regional de Atletismo, em Piracicaba, teve a conquista de duas medalhas de prata.

Novos talentos em formação

E a formação de novos talentos já existe. Foi em 2019 que Santa Bárbara d’Oeste ganhou um projeto pioneiro na RMC (Região Metropolitana de Campinas), o Centro de Desenvolvimento de Atletismo Paralímpico Escolar, que atende crianças com deficiência física, visual e intelectual. Além disso, a cidade vê crescer ano após ano os Jogos Escolares Municipais, competição que reúne alunos da rede municipal de ensino em várias modalidades, entre elas o Atletismo.

E os primeiros resultados das categorias de base já foram alcançados. No Circuito Paralímpico Escolar, em São Paulo, os atletas conquistaram 14 medalhas, sendo seis ouros, seis pratas, e dois bronzes. Na 2ª Etapa do Circuito Paralímpico Escolar foram mais 13 medalhas, com seis ouros, quatro pratas e três bronzes.

Na Base do Atletismo Convencional, Murilo Gabriel Piveta Rodrigues foi 4º lugar no Arremesso do Peso nos Jogos Estaduais Infantis em Campinas.

“O ano de 2019 foi muito positivo para as equipes barbarenses como um todo. Parabenizo os técnicos, atletas e apoiadores do Atletismo e agradeço o empenho e dedicação nos treinamentos – isso faz toda a diferença. É uma grande felicidade saber que temos, além dos ótimos resultados, um lindo trabalho de formação, uma das diretrizes do prefeito Denis Andia no Esporte. Em 2019 iniciamos o Centro de Formação de Atletismo Escolar Paralímpico e fomos escolhidos como uma das sedes nacionais do Festival Paralímpico. Isso demonstra que estamos no caminho certo, já com o reconhecimento de um grande órgão, como o Comitê Paralímpico Brasileiro. 2020 promete e muito”, analisou o secretário de Esportes de Santa Bárbara d’Oeste, Vinícius Furlan.

Comentários