Santa Bárbara d´Oeste 

Atenção, respeitável público! Edição da Feira da Gratidão promete agitar o domingo


A proposta da iniciativa é o agradecimento

A Estação Cultural de Santa Bárbara d´Oeste recebe mais uma edição da Feira da Gratidão, uma iniciativa diferente, na qual os participantes levam algo que queiram doar, seja um objeto ou um serviço, e quem doa ou recebe não tem nenhuma obrigatoriedade de dar algo em troca. A moeda é o agradecimento.

A Feira funciona de maneira livre e simples, os participantes dispõem o que quiserem doar, quem se interessar pode levar e, assim, vivenciar o sentimento da gratidão. É possível doar diferentes tipos de objetos, como: livros, roupas, sapatos, CDs, brinquedos, utensílios diversos e, também, doações não materiais como abraços, apresentações de música, poesia, massagens, desenhos, manicure e outros serviços.

Com o lema “leve o que quiser ou nada, pegue o que quiser ou nada”, a Feira da Gratidão já foi realizada em várias cidades do Brasil, e faz parte da programação da Estação Cultural desde 2014. Nesta edição os presentes terão a apresentação teatral da Dupla Companhia, com o espetáculo Atenção, respeitável público!
Atenção, respeitável público!

“Atenção respeitável público” trata-se de um projeto que irá levar ao público paulista um espetáculo circense exclusivo de palhaços da Dupla Companhia! Dois palhaços interpretarão gags de circo tradicional de rua, em um espetáculo em que as cenas não precisam seguir um roteiro de um teatro tradicional.   O espetáculo que possui 1h de duração circula com recursos do Proac e com a parceira da Estação Cultural, será realizado de forma totalmente gratuita à população.
A Dupla Companhia desenvolveu as figuras de suas palhaças – com suas características pessoais – alicerçadas na tensão cênica criada a partir da relação de oposição existente entre as personalidades e ações executadas pelos palhaços.  A arte e a cultura ensinam diferentes formas de comunicação e interação entre as pessoas, é na arte que a pessoa encontra sua verdadeira sensibilidade, a força para a quebra de paradigmas e o real entendimento de um pré-conceito.
Neste projeto o aprendizado virá com a própria pessoa, através da auto análise, e o reconhecimento de si perante o seu próprio convívio social. O projeto se baseia na recriação contemporânea da tradição circense alicerçada em aspectos trabalhados pela consagrada dupla de palhaços Branco (ou Clown) e Augusto (ou Toni Excêntrico) a qual apresenta em um espaço análogo ao picadeiro esquetes criadas a partir de roteiros clássicos circenses.

Realização: Andréa Sejo e Lisiane Higa / 3S Projetos
Apoio: Fundação Romi
Projeto realizado com apoio do ProAC ICMS | Governo do Estado de São Paulo.

Informações Estação Cultural, Av. Tiradentes, 02, centro, Santa Bárbara d´Oeste. 19.3455.4833

Comentários

Leia também...