Após “Roma” ganhar três estatuetas no Oscar, Spielberg critica Netflix e formato de streaming

Steven Spielberg é governador da Academia de Cinema pela categoria de diretores

Já se sabe desde o ano passado que o diretor Steven Spielberg não concorda com os formatos de distribuição de filmes da Netflix. Agora, após “Roma”, longa do mexicano Alfonso Cuarón levar três estatuetas na premiação do Oscar deste ano, o diretor volta a criticar a plataforma.

O site de entretenimento IndieWire publicou que Spielberg, que é governador da Academia de Cinema na categoria de diretores, quer apresentar uma mudança para dificultar as coisas para a Netflix concorrer ao Oscar. De acordo com porta-voz da Amblin, produtora de Spielberg, ele gostaria que outros profissionais se unissem a ele nessa causa, mas até o momento não houveram manifestações favoráveis.

No Twitter, a Netflix replicou o diretor e disse “Nós amamos o cinema. Outras coisas que gostamos são: acesso às pessoas que não podem ir, ou que moram em cidades que não têm cinemas, deixar que todo mundo em todos os lugares desfrutem das estreias aos mesmo tempo, e dar aos cineastas mais formas de compartilhar sua arte”, concluiu.

Da Agência do Rádio Mais

Comentários

Notícias relacionadas