Americana: Unidade de Terapias Alternativas: atividades do Espaço Verão estão com turmas abertas

O Espaço Verão, da Unidade de Terapias Alternativas, destinado à prática de atividades físicas, promoção da saúde e prevenção de doenças está com turmas abertas no período da manhã e da noite. Para participar, basta procurar o Jardim Botânico portando um atestado médico simples informando a aptidão para a realização de atividades físicas.

 

“Ao observarmos que o serviço é de grande relevância para os moradores de Americana, estamos dando continuidade ao projeto, abrindo mais turmas e vamos aperfeiçoá-lo”, disse Marcelo Ferraz, secretário adjunto da Secretaria de Saúde de Americana.

 

Cerca de 400 pessoas participam do projeto da Secretaria de Saúde. A permanência é de um ano para que outros moradores tenham a oportunidade de usufruir dos benefícios da Unidade de Terapias Alternativas.

 

No Espaço Verão é oferecido um programa de atenção integral ao indivíduo, visando eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde, através de grupos de atividade física, acompanhamento nas áreas de enfermagem, nutrição, psicologia, grupos de socialização e fisioterapia. Além disso, os profissionais que integram a equipe multidisciplinar lidam com a saúde dos frequentadores em seu sentido amplo, ou seja, em um estado de completo bem estar físico, psicológico e social.

 

As atividades são desenvolvidas no Jardim Botânico, de segunda a sexta-feira, com grupos de atividades físicas no período da manhã (das 06h30 às 11h30) e da noite (das 17 às 20h45). Os atendimentos das demais especialidades estão acontecendo temporariamente na UVISA (Unidade de Vigilância em Saúde), localizada na Rua Argentina, 556 – Bairro Frezarin, devido à reforma do Espaço Verão.

 

Academia da Saúde

No último dia 13 de novembro, a reforma do Espaço Verão foi retomada. “Queremos garantir a qualidade de vida da população e percebemos que todos os participantes gostam do que é oferecido. Por essa razão, conseguimos retomar obras de reforma do Espaço Verão que mesmo com a intervenção continua com as atividades”, mencionou Marcelo. Segundo o secretário adjunto, a obra – cujo recurso federal é referente a Academia da Saúde no valor de R$ 180.000,00 – estava paralisada há quatro meses.

 

No local, toda área do telhado receberá subcobertura em manta térmica de alumínio com polietileno, serão construídas muretas de alvenaria e para separar as salas, será divisória em drywall, com estrutura de aço galvanizado. Todo espaço terá piso e paredes liso, impermeável e lavável. O piso será de revestimento cerâmico, todas as janelas e portas serão em viga metálica.

 

Serão construídos consultórios de nutrição, psicologia, enfermagem, acolhimento, recepção, depósito para equipamentos e ampla área para prática de atividade física, copa e dois banheiros.

Comentários

Notícias relacionadas