fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Americana tem caso de raiva confirmado em morcego recolhido na região da Praia Azul

A Prefeitura de Americana, por meio do Centro de Controle de Zoonoses, informou que recebeu nesta última quarta-feira (15), do Instituto Pasteur, o resultado positivo para raiva de um morcego, encontrado no bairro Balneário Riviera, na região da Praia Azul. O animal foi recolhido durante as rotinas de monitoramento da circulação viral, que consiste no envio rotineiro para laboratório de morcegos encontrados caídos ou mortos nos imóveis. Este é o primeiro caso em 2020 no município, que não registrava esse acontecimento desde 2018.

 

Diante deste resultado positivo, a equipe de Vigilância em Saúde começa na próxima quarta-feira (22) uma ação educativa na região onde o morcego foi encontrado. “Será distribuído material educativo nas residências pelos agentes comunitários de saúde e também faremos um levantamento da cobertura vacinal contra raiva dos cães e gatos residentes próximos ao endereço”, explicou a médica veterinária responsável pelo CCZ, Aneli Marques Neves Conceição.

 

De acordo com a veterinária, a orientação para a população é que todo cão e gato acima de três meses precisa tomar uma dose da vacina de raiva todo ano. “Essa recomendação não se aplica apenas ao moradores da região, mas sim para todos os cães e gatos”, informou Aneli. Ela destacou ainda que os moradores serão orientados também com relação à importância dos morcegos. “Eles são animais silvestres que possuem papel importante na natureza e não podem ser mortos, precisam ser preservados”, completou.

 

O recolhimento de morcegos só pode ser feito se estiverem caídos ou mortos, preferencialmente pela equipe do CCZ. “É importante que não se toque nos morcegos. Toda vez que encontrar um morcego e precisar recolher, faça sempre com a mão protegida, não pode ter contato da pele com o morcego. Caso entre em contato com um morcego, o munícipe deve lavar a região com água e sabão e procurar uma unidade de saúde para atendimento”, ressaltou a veterinária.

 

Caso os munícipes possuam cães e gatos com a vacinação atrasada, ou seja, que não tomaram no último ano, devem procurar o CCZ (Av. Heitor Siqueira, 1520 – Praia Azul) ou clínicas particulares para atualizar a vacina. No CCZ, existe um posto fixo de vacinação gratuita, feita de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, exceto em feriados e pontos facultativos. Qualquer dúvida, os munícipes podem entrar em contato pelos telefones (19) 3467 1187 ou 3467 2344.

 

Balanço

No ano de 2019, foram encaminhados 68 morcegos para análise pelo CCZ de Americana e todos os resultados foram negativos para raiva. Os últimos casos no município foram em 2018, quando dois morcegos tiveram exames com resultados positivos para a doença, sendo um no Jardim Nossa Senhora do Carmo e o outro no Jardim Nossa Senhora Aparecida (região do bairro Antônio Zanaga). Antes disso, o último caso de morcego com raiva registrado em Americana foi em 2003.

 

 

Raiva

A raiva é uma doença fatal causada por um vírus eliminado na saliva de animais mamíferos infectados. Até o momento, não existe tratamento para as pessoas e animais que desenvolvem a doença, por isso, a importância da prevenção com a vacina.

Comentários