24Horas RMC 

Americana: Seminário de Prevenção sobre Álcool e Drogas vai formar agentes multiplicadores

4ffbf4dfd026fcc2e08577e38482a6b6

Ação Social e Desenvolvimento Humano: Seminário de Prevenção sobre Álcool e Drogas vai formar agentes multiplicadores (Bruno Carrenho)

A formação de agentes multiplicadores para a prevenção do uso indevido de álcool e outras drogas é o objetivo principal do trabalho que o Sindicato dos Delegados de Policia Federal (SINDEPOL) está realizando no município de Americana. Nesta quinta-feira (21/11), a secretária de Ação Social e Desenvolvimento Humano, Talitha De Nadai, abriu o Seminário sobre o tema, no Campus Maria Auxiliadora – Unisal, destinado aos profissionais que atuam na prevenção. Nos dias 4 e 5 de dezembro, será realizado um curso de capacitação.

“É um evento especial e um tema muito importante que estamos trabalhando no nosso município permanentemente, com investimentos na capacitação dos profissionais, uma das prioridades do prefeito Diego De Nadai, para que possamos realizar a prevenção ao uso indevido do álcool e das drogas. Queremos levar essas orientações para as assistentes sociais que trabalham nos territórios para que possam trabalhar junto à comunidade, famílias e nossas crianças e adolescentes, por isso, o trabalho em conjunto com a Educação, Saúde e entidades é fundamental para atingirmos o nosso objetivo”, disse Talitha De Nadai.

Para os coordenadores do projeto APREV – Apoio e Prevenção, realizado pelo SINDEPOL, Silvia Arcari e Edson Magalhães, o projeto é nacional e desenvolvido em parceria com os municípios com a proposta da prevenção e de uma vida mais saudável. “O Seminário é uma primeira etapa do trabalho que será desenvolvido em Americana, com total apoio do prefeito Diego De Nadai e da secretária Talitha, de onde sairão agentes multiplicadores para a montagem de projetos que possam atingir os pais, comunidade e os jovens. A capacitação será feita dentro dos padrões da UNODC – Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, e SENAD – Secretaria Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas”, disse Silvia.

Na abertura do Seminário, a psicóloga Janaina Foleis Fernandes, formada em terapia cognitiva comportamental para dependência química, especialista em dependência química pela UNIAD/UNIFESP, disse que a discussão e a reflexão dos conceitos da dependência química são os primeiros passos para o trabalho de prevenção. “Nesse processo, o trabalho da Educação é fundamental para a prevenção e quanto mais informações e ferramentas são disponibilizadas maior será o número de adolescentes atingidos”, ressaltou Janaína.

A vice-presidente do Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Álcool e outras Drogas (COMAD) de Americana, Conceição Fagionatto, relatou que a questão das drogas é vivenciada na comunidade e causa muito sofrimento às famílias. “Por isso, é importante o debate e a busca de soluções, principalmente a prevenção. Temos acompanhado o sofrimento de pais e familiares e o COMAD procura buscar parceria com os grupos de apoio da nossa cidade para discutirmos o que podemos fazer para melhorar”, concluiu.

Participaram do Seminário cerca de 50 pessoas, entre coordenadores de serviços socioassistenciais, representantes da Saúde, da Educação, entidades, Conselhos Municipais e técnicos da gestão da Secretaria de Ação Social e Desenvolvimento Humano. A secretária adjunta de Ação Social, Ilce Carnaval de Mello Worschech também esteve presente.

 

Comentários

Leia também...

Deixe uma resposta