Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Americana recebe a visita do presidente da Federação Internacional de Corfebol


Neste final de semana, 19 e 20 de março, Americana receberá a visita de uma importante autoridade esportiva mundial, o holandês Jan Fransoo, presidente da Federação Internacional de Corfebol e da Associação das Federações das modalidades participantes do World Games – evento organizado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) -, responsável por todas as modalidades que pleiteiam se tornar olímpicas.

O representante esportivo internacional estará no Brasil para participar de dois congressos nas universidades paulistas, USP – São Paulo (SP) – e UFSCAR – Sorocaba (SP). Essa é a segunda visita do holandês na Federação de Corfebol do Estado de São Paulo, que tem sede em Americana. Em 2014, o presidente esteve acompanhando as disputas do Campeonato Pan-Americano realizado no município.

Fransoo chegará à Princesa Tecelã no sábado, 19/03, pela manhã e será recepcionado por autoridades locais. O almoço, na cidade de Campinas, será com professores da área esportiva interessados em implantar a modalidade. No período da tarde, o presidente acompanhará o treinamento da equipe americanense, às 16h, no ginásio Roberto Polati (Antônio Zanaga), e concederá entrevista à imprensa.

No domingo, 20/03, assistirá a uma partida demonstrativa de Mono-Corfebol (uma variação da modalidade, com quatro jogadores por equipe – dois homens e duas mulheres), que será realizada no Clube do Sindicato dos Servidores Públicos de Americana, antecedendo as finais de um torneio society realizado com times da região. Após as atividades, o presidente visitará a cidade de Holambra, onde apreciará as tradições de sua terra natal no Brasil.

Toda a programação está sendo elaborada por Luciana Bortoleto, representante da modalidade no país, técnica da equipe de Americana e da seleção brasileira Sub-19 em duas edições do Campeonato Mundial 2014 e 2015, com formação em treinamento e arbitragem oferecida pela Federação Internacional.

Difundido na Holanda em 1902, o Corfebol é praticado por homens e mulheres (equipes mistas) obrigatoriamente em uma quadra de 40m de comprimento e 20m de largura. As equipes são constituídas por oito jogadores: quatro homens (dois na defesa e dois no ataque) e quatro mulheres (dois na defesa e dois no ataque), tendo como objetivo introduzir a bola no cesto, que diferente do basquete, não possui tabela. Quando são anotados dois pontos na partida, os atletas que estão no ataque invertem de posição com os de defesa, o que torna o jogo mais dinâmico.

As partidas duram 60 minutos, divididos em dois tempos, cada um de 30 minutos. Os jogos têm apenas um árbitro. Cada cesta vale um ponto. É proibido tocar na bola com a perna, com o pé, com o joelho ou com o punho; bater ou tirar a bola das mãos do adversário ou de um companheiro; correr, andar com a bola ou driblar a mesma; lançar de uma posição defendida, entre o atacante e o cesto, de frente para o atacante com o braço levantado à distância de um braço.

 

Unidade de Imprensa – Ariel Ferreira

Comentários

Dennis Moraes