Americana: DAE faz adequação no tratamento para manter a qualidade da água

O clima atípico faz com que as águas dos rios também mudem as condições físico-químicas, sendo necessária uma adequação na dosagem de produtos químicos para atender a legislação do Ministério da Saúde, portaria 2914/2011. Após constatar que em alguns bairros a água tratada apresenta certa turbidez e cor, dando a impressão de água suja, embora dentro dos padrões exigidos por lei, o Departamento de Água e Esgoto, DAE, está trabalhando de forma efetiva, adequando a utilização de produtos químicos, usados na Estação de Tratamento de Água (ETA), de Americana, a fim de manter o nível adequado da água tratada e distribuída na cidade.

 

Estudos já concluídos apontaram outros procedimentos técnicos, dentre eles a reforma dos filtros da ETA e descargas para proporcionar maior eficiência no processo de tratamento e distribuição da água. O DAE já iniciou esses procedimentos e na segunda-feira inicia outra manutenção nos filtros. O planejamento é de que em dez dias, a maioria dos pontos que apresentam alteração na nitidez da água tenham resultado positivo.

 

Até o prazo previsto, o DAE continua com as medidas paliativas que já estão surtindo efeito em algumas regiões. “Estamos com os técnicos em química trabalhando para garantir a qualidade da água a todo o momento, buscando atender os padrões exigidos por lei”, diz Claudete Alves Pereira.

 

Descargas

A autarquia possui 60 pontos residenciais e comerciais de coleta de água tratada (semanal) para avaliação e confirmação da qualidade da água. Quando constatado que está fora do parâmetro, é realizada a manutenção na rede com descarga, explica Leandro Gustavo Peccin, chefe da seção de tratamento de água. “Quando a água está fora do padrão visual, os técnicos do DAE abrem os registros próprios para a descarga, deixam a água suja sair, para que a água com nitidez volte às residências”, explica o especialista.

 

 

Foto: Natália Mendes/DAE

 

 

Unidade de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas