Alunos que não apresentarem dados de conta até terça-feira terão Auxílio Transporte cancelado em Nova Odessa

Pagamento do benefício teve início esta semana; cerca de 15% dos cadastrados ainda não apresentaram dados para que crédito possa ser feito

 

A Secretaria de Educação de Nova Odessa iniciou esta semana o pagamento do auxílio transporte aos alunos que tiveram a inscrição deferida. Dos 529 alunos aprovados no programa, cerca de 15% ainda não apresentaram os dados da conta bancária para que o crédito possa ser feito. O prazo para apresentação destas informações termina na terça-feira, dia 09, e quem não regularizar a situação terá o cadastro automaticamente cancelado.

 

“Precisamos que estes alunos apresentem os dados bancários para que possamos fazer a transferência do benefício”, explicou o diretor de Programas e Projetos Educacionais, Achile Nicola Fosco. “A comissão de avaliação dos processos abriu uma exceção para que estes alunos apresentem as informações até o dia 09. Em caso de não cumprimento, o cadastro será cancelado”, continuou.

 

O diretor afirmou que nos próximos meses os créditos do benefício serão feitos até dia 30. “Devido à alteração no formato do programa, os créditos referentes a fevereiro e março foram feitos no início de maio, no entanto, os próximos pagamentos devem ser feitos normalmente, até o dia 30 de cada mês, inclusive em maio”, afirmou.

 

Em novo formato, o auxílio transporte é oferecido a alunos que residem na cidade e estão cursando nível médio profissionalizante ou superior em escolas públicas e particulares legalmente reconhecidas fora do município.

 

A partir deste ano, o benefício passa a ser concedido de acordo com a quilometragem percorrida, além de uma taxa fixa, conforme a Lei 3.089/2017 e o decreto 3.651/2017. Segundo o diretor, além de garantir economia à Administração, a mudança proporcionará melhor controle e mais transparência ao processo.

 

“Este é um benefício garantido ao estudante com recursos próprios. Com esta alteração, conseguiremos garantir que o valor a ser pago conste no orçamento”, disse o diretor, que ressaltou que uma reunião com representantes dos estudantes foi realizada no início do mês para explicar as alterações na legislação.

 

Este ano, 621 estudantes se cadastraram no projeto do auxílio transportes, sendo que 92 pedidos foram indeferidos por inconsistências na comprovação de renda ou documentação.

 

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação, que fica na Avenida Carlos Botelho, no Centro. O telefone para contato é o 3498-2727.

 

 

Comentários

Notícias relacionadas