Ala 4 do Hospital tem banheiro mofado, vaso quebrado e buracos em corredor, verifica Rezende

O vereador Welington Rezende (PRP) vistoriou esta semana a Ala 4 do Hospital Municipal de Americana e verificou o mofo em banheiros, vazamento em uma banheira, leitos enferrujados e buracos no corredor. A Ala 4 é destinada à internação de gestantes, inclusive mulheres que sofreram aborto.

De acordo com o parlamentar, pacientes têm reclamado do mofo e bolor nos banheiros e explicou que a falta de ventilação agrava o problema.

“O cheiro de mofo, por exemplo, no banheiro do quarto 418 da Ala 4 é forte. Não há qualquer ventilação entre o quarto das gestantes e o banheiro. O odor fica concentrado no banheiro e, no inverno, por causa do aquecimento do chuveiro e do vapor, o cheiro fica insuportável. A Prefeitura deve providenciar exaustores ou vento-kit para ventilar o local”, sugeriu o vereador.

No quarto 420, Rezende observou a interdição do banheiro feminino devido ao vazamento em uma banheira. Além disso, os leitos utilizados pelas gestantes estão enferrujados.

Ainda, no corredor da Ala 4, pacientes, cadeirantes e enfermeiros que carregam acamados precisam desviar da série de buracos, provocados pela deterioração do piso, para acessar os quartos de internação.

O vereador elabora requerimento apontando a necessidade de melhorias estruturais e questionando se a Secretaria de Saúde pretende reformar a Ala 4, se há valor previsto para o projeto e os prazos de início e término de reformas.

“Independente de crise, o SUS, o nosso hospital, devem sempre prezar pelo bom atendimento e pelo oferecimento de infraestrutura básica, prevista em lei. É por esse objetivo que devemos lutar”, afirmou Rezende.

ALA 1

O parlamentar também fiscalizou o andamento da reforma da Ala 1, iniciada há quase três meses. Não havia, porém, pedreiros trabalhando na reforma esta semana.

Comentários

Notícias relacionadas