Limeira 

AINDA: 22 anos atuando pela inclusão dos deficientes de Limeira

A AINDA (Associação Integrada de Deficientes e Amigos) comemora na próxima quinta-feira, dia 6 de setembro, 22 anos de existência. Para marcar a data, a entidade prepara uma festa para os atendidos que terá início às 13h30.

 

Além da festa de aniversário, a AINDA promove atividades comemorativas durante toda a semana. Na segunda-feira, os atendidos foram ao cinema, nesta terça-feira haverá um chá da tarde a partir das 13h30. Amanhã, quarta-feira, haverá apresentação do projeto Sabores e Saberes e, na quinta-feira, acontece o encerramento das comemorações com a festa de aniversário para os atendidos.

 

A AINDA realiza cerca de 800 atendimentos por mês. A entidade oferece serviços de convivência e fortalecimento de vinculo e atendimento no serviço de reabilitação com fisioterapeuta, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia, pedagogia e educador físico. Os atendimentos são diários e visam oferecer qualidade de vida para os deficientes físicos de Limeira.

 

HISTÓRIA

 

Em 1996, pessoas enlutadas com o fim da Associação de Deficientes de Limeira (ADEL) – uma entidade que atuava na luta dos direitos dos deficientes físicos – e também preocupadas com a ausência de políticas públicas para as pessoas com deficiência, principalmente adultas, resolveu criar a Associação Integrada de Deficientes e Amigos, a AINDA.

 

O objetivo da nova entidade era reunir esforços com a sociedade em benefício das pessoas com deficiência, que eram praticamente ignoradas pelo poder público. No dia 7 de setembro de 1996, a AINDA foi oficialmente fundada.

 

Como toda organização não governamental, principalmente naquela época, a AINDA sofreu dificuldades para atingir seu objetivo, mas sobreviveu com a ajuda de pessoas e autoridades. Aos poucos, a sociedade começou a colaborar com a sua subsistência.

 

Naquela época, a AINDA atendia 15 pessoas com deficiências físicas variadas. Entre eles, alguns deficientes visuais e auditivos que permanecem até hoje frequentando as atividades propostas.

 

A Prefeitura de Limeira, reconhecendo o trabalho desenvolvido, cedeu uma assistente social, para a entidade para trabalhar com os atendidos por algumas horas na semana, fato que marcou o início do trabalho social da entidade.

 

Passados alguns meses, a entidade começou a fornecer almoço e lanche da tarde, com auxílio de uma cozinheira e de uma secretária. Após quatro anos, a AINDA foi reconhecida como de Utilidade Pública Municipal, passando a receber verba municipal e outra federal, que ajudam na manutenção.

 

Hoje, a AINDA é reconhecida como utilidade pública não só municipal, mas também estadual, federal e possui registros no Conselho Municipal da Assistência Social, Centro de Promoção Social Municipal, Conselho Nacional de Assistência Social e Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social.

 

Comentários

Leia também...