Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Acordo coletivo, Minha Casa Minha Vida e voto aos 16 anos foram os temas abordados na Tribuna de Limeira


Populares fazem uso da Tribuna Livre

 

A sessão camarária da última segunda-feira (28) foi acompanhada por diversos servidores públicos municipais que, em apoio à diretora do Sindsel (Sindicato dos Servidores Públicos de Limeira), Eunice Lopes, pediram o apoio dos vereadores para aprovação dos projetos do Executivo pelo acordo coletivo.

 

“Os avanços e sucesso da pauta de reivindicações sobre o acordo coletivo só foi possível graças a participação dos servidores. As negociações este ano foram difíceis porém, conquistamos entre outros pontos, a mudança de referência para os dentistas, recesso para os profissionais da educação, vale alimentação de R$ 297 (duzentos e noventa e sete reais), 10,36%  (correção IPCA) para mais de 7 mil trabalhadores. Parabéns aos servidores que participaram da assembleia”, informou Eunice.

 

Também fez uso da Tribuna o presidente da Associação Habitacional de Limeira, Josué Gregório dos Santos, que apresentou ao público presente sua preocupação com o futuro do “Minha Casa Minha Vida”.

 

“O projeto do Residencial Manacá prevê um investimento de R$ 69 milhões para a construção de 740 unidades habitacionais. Em 31 de dezembro do ano passado foi publicado o projeto que prevê agora a assinatura dos dossiês para dar andamento nos processos, porém, receio que os ataques à democracia e o processo do impeachment possam prejudicar o projeto”, pontuou Santos.

 

O jovem Eduardo Bertagnolli também fez uso da Tribuna e na oportunidade falou da campanha pelo voto dos jovens, “Voto aos 16 anos”. “É importante a juventude acompanhar o processo político de nosso país. O prazo para tirar o título de eleitor é até 4 de maio”, informou Bertagnolli. Na oportunidade o jovem informou aos presentes que serão levadas palestras nas escolas estaduais para tratar deste tema.

 

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Dennis Moraes