Abertas inscrições para o Ensino Médio EJA a distância do Centro Paula Souza

Curso é gratuito e as aulas são totalmente online, sem necessidade de processo seletivo. Interessado deve enviar documentação por correio

O Ensino Médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) a distância do Centro Paula Souza (CPS) está com as inscrições abertas. Os interessados em se matricular no curso, que é gratuito e sem necessidade de processo seletivo, devem enviar a documentação por correio até dia 30 de junho. Veja como se cadastrar. As aulas são totalmente online.

O curso completo tem duração mínima de três semestres. O material didático é composto por vídeos e apostilas à disposição do aluno no ambiente virtual de aprendizagem. Apenas os exames finais de cada série são presenciais. As provas são aplicadas em três Escolas Técnicas Estaduais (Etecs): São Paulo (Capital), Bento Quirino (Campinas) e Fernando Prestes (Sorocaba).

Para fazer o curso, o interessado deve ter mais de 18 anos, apresentar certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou comprovante de conclusão da série cursada do Ensino Médio para ingresso no módulo seguinte. Não há limite de vagas.

Além do Ensino Médio EJA, o CPS oferece várias modalidades de educação a distância em diversos níveis. Saiba mais.

Material didático das aulas é composto por vídeos e apostilas disponíveis gratuitamente na internet

 

Sobre o Centro Paula Souza – Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o Centro Paula Souza administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos, sob a supervisão de uma Etec –, em aproximadamente 300 municípios paulistas. Nas Etecs, o número de matriculados nos Ensinos Médio, Técnico integrado ao Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços, ultrapassa 211 mil estudantes. As Fatecs atendem mais de 80 mil alunos nos cursos de graduação tecnológica.

 

Comentários

Notícias relacionadas