24horas Artigos / Opinião Dennis Moraes Política Santa Bárbara d´Oeste 

A política barbarense vem sofrendo “mutações tecnológicas”

Eleições 2020 já começou faz tempo!

 

Faltando pouco mais de um ano para as eleições de 2020 onde vamos votar em prefeito e vereador, começo a reparar que a velha política está sofrendo uma grande mutação. A velha política da “dentadura” não vem colando faz tempo nas eleições mais recentes. Isso esta fazendo alguns políticos que podemos dizer “velhos” a se mexer e criar novas alternativas para buscar o tão disputado eleitor para garantir a vitória em 2020.

Aqui em Santa Bárbara d´Oeste estão começando a se formar os grupos e chapas que vão disputar as eleições. Já foram divulgados alguns pré-candidatos a prefeito e a vereador. Paralelamente a esses anúncios, temos pré-candidatos a vereador que já estão com grupos formados, uma coisa que não se via nas últimas eleições onde muitos grupos eram formados faltando apenas 6 meses para as eleições. A tecnologia nesse ponto vem ajudando demais os eleitores que sempre estão atentos nas ações dos políticos, uma coisa que não se via antigamente.

Grupos de whatsapp, facebook e outras redes sociais, aproximaram o eleitor de seus candidatos. A nova “safra” de políticos que chega forte para disputar as eleições de 2020, vem usando as redes com muita maestria.

Quem acompanha a política local consegue ver facilmente que alguns vereadores dominam as redes muito bem, já outros tem enorme dificuldade para se comunicar com os eleitores. Os que conseguem dar atenção, responder questionamentos e divulgar suas verdadeiras ações usando as redes, tendem a voar alto nas próximas eleições.

Até 2020 poderemos ver muitos pré-candidatos fazendo grandes trabalhos de divulgação nas redes sociais. Lembrando que as redes somente se tornarão uma grande aliada se um trabalho muito bem feito for realizado. Essa tecnologia serve para despertar o interesse do eleitor que com certeza vai estar acompanhando de perto todas as ações e reações dos candidatos.

Podemos assim dizer que é uma “entrevista” de avaliação que será decretada com o olho no olho, afinal de contas, o famoso “corpo a corpo” isso a tecnologia nunca vai substituir.

 

Dennis Moraes é Comendador outorgado pela Câmara Brasileira de Cultura, Jornalista e Diretor de Jornalismo do Portal SB24Horas

Comentários

Notícias relacionadas