fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Opinião

A covardia moral deve ser combatida

Por Junior Velozo

“Pois Deus não nos deu espírito de COVARDIA, mas de poder, de amor e de equilíbrio.” (2 Timóteo 1:7)

Despretensiosamente na busca por informações, me deparei novamente com a necessidade de abordar o assunto, que para mim é princípio fundamental. A ‘covardia moral’ crônica e sistêmica, impregnada em todas as camadas das sociedades contemporâneas, um nocivo agente de patógeno social, capaz de produzir e proliferar o caos, e impedir o seu efetivo combate, como versa brilhantemente o Prof. Dr. Evandro Pontes, “É a mente covarde das mais perigosas: é astuciosa, escorregadia, confusa, vil e até mentirosa”.

Sim, caros amigos, vivemos hoje em um estado social pusilânime, de fraqueza moral, onde intrépidos cidadãos munidos de seus pomposos títulos, juntamente com a massa social amorfa enfileiram-se inertes, diante da opressão estatal e cultural, exercida através do asseverar do “politicamente correto”, o bradar de socorro, dos oprimidos é ignorado, o seu clamor tornara-se quase que uma transgressão jurídica disciplinar.

Valho me do ensejo, para novamente citar breafing do Dr. Evandro Pontes em sua coluna ao site Crítica Nacional, onde: Lembrava Santo Ambrosio, no Capítulo XXXIII do seu De Oficiis, em referência a Hebreus 11-33,34, que a verdadeira coragem é aquela que:
“Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões,
Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos”.

Onde está, a coragem dos homens e mulheres para defender seus irmãos, para onde foi a fé para enfrentar a batalha e afugentar exércitos, se hoje calados estamos diante de atrocidades do cotidiano.

Permanecemos calados diante de 60 mil brasileiros assassinados anualmente, em silêncio para os 30 mil desaparecidos, para os milhares de estupros, para os milhões de irmãos que tiveram suas vidas abruptamente ceifadas, por uma política bandidólatra de representantes políticos e “intelectuais” que contaram com a complacência de nós todos e com o positivismo ativista do judiciário.

O silêncio gerado pela “covardia moral” dos cidadãos, aliado a inserção massiva do “politicamente correto”, criou um estado de excessão, dando vozes aos criminosos e calando suas vítimas. Incriminando vítimas pelo “crime” de gritar de dor, e abrandando penas de seus agressores, pois, o brado fora alto demais.

Convidado a refletir sobre a Direita Conservadora, que se ergue no município, escrevo como forma de exortação e incitação a nós todos, para que a CORAGEM MORAL, intelectual e principalmente a CORAGEM DE ESPÍRITO, seja o principal objetivo do nosso ajuntamento.

“Nós, os cidadãos, somos os legítimos senhores do congresso e dos tribunais, não para derrubar a constituição, mas para derrubar os homens que pervertem a constituição.”- (Abraham Lincoln)

Junior Velozo 06/02/2020
Movimento Direita Santa Barbara D’Oeste SP.

Comentários