Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

5 Dicas para criar um Rifa com os amigos

Imagem de mohamed Hassan por Pixabay

Seja para beneficiar uma instituição que precise de auxílios, uma escola que necessita de reformar ou em prol de alguma família, as rifas são realizadas com os mais diversos propósitos. Existem algumas técnicas que podem ser aplicadas na confecção das cartelas, para que assim se tornem mais atrativas e fáceis de vender.

Tem pessoas que não resistem e compram qualquer tipo de rifa, basta verem uma que já se dispõe a ajudar na causa que está sendo levantada. Outros são mais resistentes e precisam ser convencidos de que é importante ajudar o movimento que está sendo feito, a partir disso, daremos 5 dicas para criar uma rifa com os amigos.

1 – Prêmio

A rifa pode ser feita com a melhor das intenções, ainda assim, é preciso que seja distribuído um prêmio bacana. Em alguns casos, pode ser até mais do que um. São os prêmios que chamam atenção das pessoas, que acabam comprando as cartelas e fazem com que essa ação se torne um sucesso.

É preciso tomar cuidado com alguns detalhes, por exemplo, não adianta encher de prêmios, mas colocar itens antigos e que não despertem a mínima atenção. Tente escolher produtos e itens populares, que boa parte das pessoas gostam.

Tente escolher como prêmios produtos que sejam bonitos e chamativos, dependendo da rifa, é possível que eles sejam doados por comerciantes da sua cidade. É fundamental que pelo menos 1 dos produtos oferecido aos vencedores seja chamativo.

2 – Estética

É importante que o modelo de rifa seja bem pensado, em relação a estética. Coisas feias são vistas como amadoras pelo nosso subconsciente e isso pode valer para a campanha que está sendo organizada. Para ser levado a sério, é preciso tomar cuidado com a aparência dos cartões que serão vendidos.

Os prêmios, por exemplo, precisam ser apresentados de uma forma atrativa, dando destaque para os principais. A recompensa também precisa ser embalada de uma maneira atrativa, para o momento em que for entregue após o sorteio. E para fechar, os bilhetes precisam ser impressos em uma gráfica que entenda do assunto.

3 – Como definir o valor?

É preciso definir um valor justo para os bilhetes, de uma forma que o dinheiro arrecadado seja suficiente para realizar o objetivo da rifa e claro, para que as pessoas consigam comprar. É um cálculo simples de ser feito.

Some o valor de todos os prêmios que serão distribuídos mais o valor que pretende ter como lucro e então divida pelo número de bilhetes que serão vendidos. Essa é a conta, outras pessoas preferem colocar valores como R$ 5,00 e R$ 10,00, acessíveis a qualquer pessoa.

4 – Tenha um objetivo

As rifas que possuem um objetivo bem definido são as mais fáceis de vender. Muitas pessoas compram os bilhetes para ajudarem em uma causa nobre, como auxiliar uma pessoa que está doente ou então para a compra de novos materiais em uma escola.

Se você não tiver um objetivo bem definido, tem chance de sua rifa não ir para a frente e não vingar. Se o objetivo estiver certo, provavelmente os bilhetes serão vendidos com mais facilidade.

5 – Tenha uma boa divulgação

Assim como a venda de cartela de bingo, as rifas precisam ser vendidas para que exista lucro e o objetivo seja atingido. É importante que a divulgação seja feita de maneira correta, então é possível colocar fotos dos prêmios nas suas redes sociais e na de amigos, para que mais pessoas fiquem sabendo e comprem os bilhetes.

É possível utilizar vídeos preparados pelas marcas dos produtos, para valorizá-los ainda mais. Não esqueça de oferecer os bilhetes para as pessoas mais próximas, como as amigas, os vizinhos e o pessoal do trabalho ou da escola.

Comentários