RMC 

17 de junho: Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação

No dia 17 de junho comemora-se o Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1994 e foi celebrada pela primeira vez em 1995.

O projeto “Comemorando e Preservando” da Secretaria de Meio Ambiente da prefeitura de Americana destaca a importância da data para a sensibilização das populações e governos quanto à necessidade de cooperação e o respeito à Convenção da ONU de Combate à Desertificação nos países mais afetados pela seca/desertificação (países africanos, especialmente).

A desertificação é a perda da capacidade de renovação biológica das zonas áridas, semiáridas e subúmidas, por ação humana ou variação climática.

A seca é um fenômeno natural onde se registra um déficit de água por um extenso período de tempo, com danos na agricultura, pesca e no habitat dos seres vivos, entre outros.

No Brasil, esse processo ocorre, predominantemente, nas regiões Nordeste e Sul. Atinge uma área total de 1,3 milhão de km², cerca de 15% do território, e envolve localidades já desertificadas e áreas com elevado risco e que sofrem enfermidades.

Ao longo dos anos, a ocupação humana e a exploração dos recursos naturais vêm impactando as regiões  secas do país, provocando a degradação da terra, a perda da cobertura vegetal nativa e a redução da disponibilidade de água. A intensificação de tais processos levou crescentes frações dessas regiões à condição de áreas degradadas, fenômeno conhecido como desertificação.

 

Unidade de Imprensa – Informações da Secretaria de Meio Ambiente

Comentários

Leia também...