Piracicaba

Zoo de Piracicaba recebe quatro animais do Hospital Veterinário da Unesp

Três filhotes e um adulto foram resgatados feridos

 

O Zoológico de Piracicaba acaba de receber quatro novos animais, entre eles, três filhotes: tamanduá-bandeira, gato-do-mato e veado catingueiro. Além deles, recebeu também uma fêmea jovem de lobo guará, com aproximadamente um ano e meio.

Todos os animais que chegaram vieram do Hospital Veterinário da Unesp de Jaboticabal. De acordo com a bióloga do Zoo, Paula Matias, “É importante frisar que todos estes animais foram resgatados com ferimento. O Hospital Veterinário oferece os primeiros atendimentos, mas eles não possuem recintos para permanência destes animais, então precisam destinar para alguma instituição parceira (como é o caso do Zoológico de Piracicaba) para que eles possam ter continuidade no tratamento”.

Tamanduá bandeira – No caso do tamanduá-bandeira, a fêmea filhote, com aproximadamente um mês e meio, foi encontrada sozinha em uma rodovia próxima à Jaboticabal com lacerações de pele. Paula comentou que a filhote “não sobrevive sozinha, pois deve ser amamentada por pelo menos 8 meses. E após meses sendo tratada em cativeiro, não é possível a reintrodução em vida livre”. Hoje ela está com três meses.

Gato-do-mato – O gato-do-mato macho jovem foi resgatado depois de ter sido atropelado por uma colheitadeira de cana no município de Taiuva (SP). Ele sofreu lacerações de pele e fratura em uma das pernas quando estava com aproximadamente 10 meses. A bióloga informou que o animal está bem, mas ainda permanece em recuperação da fratura óssea. Hoje está com um ano.

Veado-catingueiro – O terceiro, é um filhote de veado-catingueiro macho, com proximamente quatro meses. De acordo com a bióloga, “é um animal extremamente dócil entregue com aproximadamente três meses por um civil no Hospital Veterinário que, na entrega, contou várias versões sobre o histórico do animal”.

Lobo-guará – Além dos três filhotes, o Zoológico recebeu também uma fêmea de lobo-guará jovem (com aproximadamente um ano e meio). A “lobinha” foi vítima de um atropelamento em uma rodovia próxima a Jaboticabal e socorrida pela própria condutora do veículo. Apresentava lacerações de pele, várias fraturas ósseas e perda de canino. Segundo a bióloga, “ela encontra-se em recuperação das diversas lesões, sem possibilidade de reintrodução a natureza. “

 

A FUNÇÃO DOS ZOOLÓGICOS

O que muita gente não sabe é que os zoológicos modernos, legalizados, exercem uma importante função, a exemplo do Zoo de Piracicaba. Com relação à infraestrutura, os recintos são bem espaçosos, adequados de acordo com as normas do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis).

Os animais que chegam nos zoológicos não são comprados e nem retirados do seu habitat natural. Nenhum zoo obtém animais diretamente da natureza. Eles vêm de outros zoológicos, através de permutas. Muitos animais chegam aos Zoológicos resgatados, vítimas de maus tratos ou de atropelamento. Outros nasceram em cativeiro. E, portanto, jamais poderão ser repostos na natureza. Eles não têm estrutura social, pais e irmãos com quem possam aprender comportamentos importantes para a sobrevivência.

Os zoológicos constituídos de acordo com a legislação vigente, como é o caso de Piracicaba, fazem parte de uma associação nacional, a SZB – Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil, fundada em 1977 com o objetivo de integrar e representar os zoológicos e aquários brasileiros, sendo considerada uma referência em conservação.

A SZB fornece apoio técnico, facilita a cooperação, a capacitação, o intercâmbio de conhecimentos e a realização de pesquisas nas áreas de manejo, educação e conservação, para que os zoológicos brasileiros tenham uma gestão eficiente e trabalhem dentro dos padrões éticos e de bem-estar animal.

Ao contrário do que se possa imaginar, muitos aspectos da fauna brasileira são desconhecidos. Então, os zoológicos representam uma grande fonte de informação. Coisas como ciclo de vida, quanto dura a gestação de um animal, o cuidar dos filhotes etc. Estudos na natureza raramente propiciam esse tipo de informação, pois não possibilitam o acompanhamento diário do espécime.

Além disso, os zoos cumprem hoje um papel importantíssimo em relação à conservação. Hoje, há várias espécies que têm populações maiores em zoológicos do que na natureza. Se um exemplar nasceu em cativeiro, pode-se fazer o cruzamento com animais da natureza, de modo a recuperar genes que estavam praticamente extintos.

Zoológico de Piracicaba está localizado na avenida Av. Mal. Castelo Branco, 426 – Jardim Primavera. Telefone (19) 3421-3425.

Fotos: Sedema

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br