24Horas Santa Bárbara d´Oeste

VII Caminhada pela Paz e Superação da Violência acontece dia 04 de março em Santa Bárbara d´Oeste


A VII Caminhada pela Paz e Superação da Violência – “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres” acontece dia 4 de março, sábado, a partir das 7h30 da manhã com concentração no estacionamento da Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d´Oeste (Av. Monte Castelo, 1000).

A saída está prevista para as 8h30 da manhã, descendo a Avenida Monte Castelo, passando pelas Ruas João Lino e Santa Bárbara até a praça central, onde haverá a “Tenda Maria da Penha”, entre outras atrações, com o objetivo de divulgar leis, ações e formas de combater a violência contra mulheres.

Na VII Caminhada pela Paz e Superação da Violência, o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher de Santa Bárbara d´Oeste (CMPDDM), repete o mesmo tema do ano passado, que levou para as ruas da cidade “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres”, reforçando o mote da campanha argentina pelo fim da violência #Ni una menos (#NenhumaAmenos) quando milhares de mulheres saíram às ruas em 110 cidades da Argentina além de Chile, Uruguai e México, pedindo a aplicação da lei de proteção integral contra a violência às mulheres. O que iniciou o movimento “Ni una menos” foi à morte da adolescente Chiara Páez na cidade de Rufino, província de Santa Fé na Argentina. Chiara (14 anos) estava grávida de quatro meses do namorado Manuel Mansilla (16 anos). Três dias após seu desaparecimento, seu corpo foi encontrado pela polícia no quintal da casa de Manuel. Chiara foi enterrada viva e os pais do adolescente são suspeitos de terem ajudado.

Paralelamente a este fato,  a presidente do Conselho, Reverenda  Ione da Silva,  relembra o fato ocorrido na vizinha cidade de Campinas que chamou a atenção do Movimento  Marcha Mundial das Mulheres , que  assumiu  a tragédia como campanha para as manifestações do dia 08 de março deste ano. No dia primeiro do ano de 2017, um homem invadiu a casa da  ex-mulher  que celebrava o Ano Novo em família e começou a atirar. Ela e mais onze pessoas morreram, incluindo outras oito mulheres e o filho de ambos de oito anos, e o assassino que tirou a própria vida.

Segundo dados do livro “Estudos Feministas, Religião, Tendências e Debates” da Dra. Dagmar Silva Pinto de Castro e da Mestra Ione da Silva, no 2º semestre de 2013 (agosto – dezembro) foram registrados em Santa Bárbara d´Oeste 87 medidas protetivas, em 2014 nos meses de janeiro a fevereiro, 59 medidas protetivas em 2015 de janeiro a março, 32 medidas protetivas e 1.352 boletins de ocorrências registrados no ano de 2016 no mesmo período manteve-se o numero das medidas e apenas 346 boletins de ocorrências foram registrados.

Para Ione da Silva, os dados comprovam que a visibilização do conselho, a divulgação das leis, o conhecimento e a coragem das mulheres em denunciar os agressores, procurando ajuda com antecedência, é a prova de que o trabalho do conselho está funcionando. “As caminhadas que possibilitam a visibilidade e o encorajamento são fatores preponderantes para a diminuição da violência de gênero no município. Essa mulher está ficando consciente de seus diretos, ela chega mais cedo à delegacia em busca de ajuda. Entendemos que ela começa a ter a escolha de mudar o final de uma história muitas vezes  sem volta e a delegada Olivia Fonseca (Delegacia da Mulher) tem contribuído com isso, quando  coloca em prática  a lei que dá a essa mulher a oportunidade de sair dessa  rotina que a maltrata, a humilha, adoece e que muitas vezes termina em tragédia”, afirma Ione, presidente do Conselho.

Durante sete anos de atuação do conselho no município barbarense, as conquistas foram muitas, como por exemplo, a participação na construção de políticas públicas para as mulheres, o atendimento a elas no setor de saúde,  além de introduzir na agenda local a questão da mulher e seus diretos.

A VII Campanha traz para as ruas da cidade este ano duas novidades, um jingle composto pelas conselheiras em parceria com o compositor Dema Pontes, esposo de uma das conselheiras,  com o tema da caminhada e a participação do Núcleo Artístico Corpus, que será responsável por algumas intervenções durante o evento.

“Neste ano não podemos esquecer que o conselho elegeu a vereadora Germina Dottori, que começa a trazer o olhar da mulher para a cidade, pensando na construção de um município mais justo, igualitário para a mulher e toda a família, uma conselheira ativa em nosso meio” finalizou Ione da Silva, Presidente do Conselho da Mulher.

O Conselho da Mulher de Santa Bárbara d´Oeste reservou uma vasta programação para o mês de março que será divulgada através dos meios de comunicação, como Roda de Conversas, uso da Tribuna Livre na Câmara Municipal e Cine Debate sobre o filme “O silêncio das Inocentes”, que conta a história da criação da Lei Maria da Penha e da luta das mulheres contra a violência praticada por seus próprios companheiros.

 

Programação

Dia 04.03 – Abertura da Semana com  a VII Caminhada pela Paz e Superação da Violência –

Tema : “Mais Direito, Participação e Poder para as Mulheres ”

#NenhumaAmenos #Juntassomosfortes #Juntassomomais

Horário: 07h30

Local de Concentração: Prefeitura Municipal (estacionamento)

Lanche: Distribuição 08h

Aquecimento e Alongamento: 08h30 com a professora Arina Hanssen

 – Ação na Praça Central com a Tenda Maria da Penha

Objetivo: Informar a população de forma lúdica e participativa sobre: Direitos / Violência / Superação da Violência / Saúde da Mulher / Direitos Reprodutivos / Manifestação Cultural /  troca de informação e  Economia Solidária.

– Intervenção Artística – Núcleo Artístico Corpus

– Apresentação do Jingle Tema da Caminhada

– Programação Musical

– Distribuição de Folhetos informativos:

Saúde da Mulher / Lei Maria da Penha, cartilhas populares em  diversas barracas

– Prestação de Serviço à Comunidade:

– Tenda da Saúde: Aferição de Pressão, orientação sobre a saúde da mulher, informação sobre exames e doenças sexualmente transmissíveis entre outras – Secretaria da Saúde (NES e Centro de Referencia da saúde da Mulher).

– Tenda da Informação de doenças Epidêmicas: Febre Amarela, Chikungunya, Dengue entre outras.

– Tenda do Direito: Informações Jurídicas e Orientações – OAB

– Tenda da Aproximação: DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) –  Unidade Móvel e População

Folhetos sobre a Lei Maria da Penha, informação sobre os procedimentos e dúvidas com a DDM.

– Tenda da Rede Feminina de Combate ao Câncer: Orientação sobre os direitos do /a paciente de Câncer e as prevenção – RFCC.

– Tenda da Autoestima: Em Cima do Salto – Nenhuma Mulher Merece Sofrer Violência – AVON/Natura/Mary Kay/ O Boticário.

– Tenda da Economia Solidária: Artesanato e produtos criativos da Casa da Criança/Rede/Casa Abrigo/ entre outras.

 

 

Realização:

CMPDDM-SBO, Secretarias de: Promoção Social – Segurança, Trânsito e Defesa Civil – Saúde – Cultura e Turismo.

Apoio: ACISB – Conselho da Mulher Empresária – Belas e Poderosas – Ana Terra – Rede Feminina de Combate ao Câncer – Faculdade Anhanguera – UNIMEP.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br