Versatilidade e mistura de ritmos é a marca do cantor Mario Ghanna


Conheça o autêntico trabalho de Mario Ghanna

Versatilidade e mistura de ritmos é a marca do cantor visto como aposta da música brasileira

Influências que vão desde o rock, até a música clássica e o blues e uma voz que impressiona. Esses são alguns dos elementos que compõe o trabalho do músico músico paulista, radicado no Sul do país, Mario Ghanna.

O amor de Mário pela música nasceu ainda na adolescência. Apenas com 12 anos ele passou a estudar violão e encantar a família em apresentações particulares; já aos 15, o cantor se interessou pela música clássica, ritmo que o inspira até hoje.

As influências estudadas ao longo da vida de Mario o ajudaram a criar um estilo musical único, que impressiona o público e a crítica. Seu primeiro projeto, um CD feito de maneira independente e intitulado Xadrez Urbano, recebeu cinco pré-indicações ao Grammy Latino, maior prêmio musical do mundo, em 2013.

Dois anos após esse reconhecimento, já em parceria com a gravadora e produtora BRMusic Group, o cantor lançou o álbum ‘Lírios’,  que conta com 17 faixas e mostra amadurecimento na escolha de arranjos, ritmo e letras. As novas canções de Mario recebem influências da música brasileira e negra e de elementos percussivos nacionais.

Todas as novas músicas de Mario conseguem encantar os amantes da MPB, do rock e de estilos musicais clássicos como o blues e o soul, e estão disponibilizadas no site do cantor, onde podem ser ouvidas gratuitamente, e em plataformas online, como o iTunes, Google PlaySpotify, entre outras.

 

Versões

Além das canções originais, o album ‘Lírios’ , de Mario Ghanna, também conta com versões autênticas de grandes clássicos da MPB, como ‘Esquinas’, de Djavan, ‘Adivinha o quê?’, de Lulu Santos, e Exagerado, de Cazuza.

Na versão de Mario, a música de Cazuza é executada em uma guitarra Lap Steel, também conhecida como guitarra havaiana, que chama atenção pela sonoridade diferente e por ser tocada na posição horizontal.

Com uma pegada voltada para o rock, a a versão de Exagerado combina totalmente com a voz de Mario e impressiona especialistas como Wilson Souto Junior, fundador do teatro Lira Paulistana, ex-presidente da Warner Music Brasil, ex-presidente da Continental e atual presidente da Atração Fonográfica. “Ao vivo Mario Ghanna apresenta nuances de Guitarristas de Blues, Cazuza, Djavan, John Mayer e Ben Harper, sem perder sua originalidade. Quero muito ouvir um álbum gravado assim, pois o disco em estúdio já toca  direto em meu carro”.

 

‘Mãos ao alto’

Além do trabalho com a música, Mario Ghanna também atua como Procurador da República em Joinville, cidade onde vive. A função lhe rendeu inspiração para a composição de sua atual música de trabalho, intitulada ‘Mãos ao alto’. 

Lançada em seu último álbum, ‘Mãos ao alto’ recebeu um vídeo oficial, que está no youtube do cantor, e recentemente e já atinge a marca de 20 mil visualizações. Outro vídeo, da mesma música, lançado na época do CD ‘Xadrez Urbano’, tem cerca de 500 mil visualizações.

 

 

Segundo Mario, a música é uma ode à impunidade no Brasil. “Compus essa música após ter participado de uma operação que investigava desvio de verbas praticado por um prefeito e seus secretários. No dia da operação o prefeito investigado olhou bem nos olhos de um dos policiais e disse “Faz o que você tem de fazer, logo eu volto, a sua casa vai cair, não a minha”. Essa segurança dele na impunidade me inspirou a compor a música naquele dia mesmo.”, contou.

O músico, cantor e compositor Luiz Caldas, dono de uma das vozes mais conhecidas da música popular brasileira, regravou e cantou com Mário a composição ‘Mãos ao alto’ e conta que foi uma honra. O trabalho do Mario Ghanna é muito bonito. Foi uma honra cantar com ele sua música “Mãos ao alto”. Muita sorte, Mario”.

O vídeo pode ser visto no link: https://goo.gl/LmSlcv | http://www.marioghanna.com.br/

Comentários