Vacinação contra a Influenza teve início hoje em Americana

Dia D acontece no próximo sábado nas UBS e postos volantes
Começou hoje (22) em todo o país a campanha nacional de vacinação contra a gripe Influenza “Vacinação contra a gripe: você não pode faltar”, direcionada para gestantes, puérperas, idosos, profissionais de saúde, pacientes com doenças crônicas e crianças de seis meses a cinco anos incompletos.
Em Americana a campanha acontecerá nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), com exceção das unidades do Centro (UBS 20), Vila Dainese (UBS 05) e Cariobinha (UBS 09), que estão em reforma. Além disso, a vacinação também será realizada em casas de longa permanência de idosos.
No município, o Dia D acontecerá no próximo sábado (26). As UBS funcionarão das 8 às 17 horas. Das 8 às 12 horas, as equipes também estarão na Feira do São Vito e do Zanaga para imunizar o público-alvo da campanha. A ação nos supermercados será definida pela Secretaria nos próximos dias.
“Assim como realizamos na campanha de vacinação contra o HPV, cuja cobertura superou a média estadual, disponibilizaremos novamente equipes volantes para imunizar o maior número de pessoas contra a Influenza em Americana. Esperamos que as pessoas procurem os serviços de saúde e postos volantes no Dia D para se protegerem contra a doença”, afirmou o secretário de saúde, Fabrizio Bordon.
Ao todo, 58.363 pessoas se enquadram no grupo de risco (público-alvo da campanha) no município e a meta do Ministério da Saúde é que 80% desse montante sejam imunizados, o que corresponde a 46.690 pessoas. A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B) determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano.
Os pacientes com doenças crônicas, como doenças respiratórias, neurológicas cardíacas, hepáticas e renais crônicas, diabetes, imunossupressão, obesidade, trissomias e pacientes transplantados devem levar ao posto de vacinação prescrição ou carta médica que as comprovem. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.
A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Os sintomas da gripe são febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.
A prevenção da doença pode ser feita por meio de medidas simples, como lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.
Unidade de Imprensa
Comentários