24Horas Saúde

Saúde: Café da manhã pode ser adaptado por região sem perder a qualidade nutricional


A potiguar Marcela Correia, 27, mora em Brasília há 15 anos, mas os alimentos ingeridos no café da manhã ainda são típicos do Rio Grande do Norte. Todos os dias, ela come cuscuz ou tapioca, e frutas como o cajá, acerola, graviola e mangaba.

Esses alimentos in natura ou minimamente processados são uma opção regional para aqueles que desejam se adequar às recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde (MS). A diretriz faz parte da estratégia global para Promoção da Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Lançado em 2014, o Guia busca auxiliar na escolha de alimentos saudáveis, sem deixar de considerar a cultura local da população. São quatro recomendações principais que devem ser levadas em conta antes de qualquer refeição:

Exemplos_de_alimentos

• Alimentos in natura ou minimamente processados devem ser a base da alimentação;

• Óleos, gorduras, sal e açúcar devem ser utilizados em pequenas quantidades durante o preparo dos alimentos;

• O uso de alimentos processados deve ser limitado a pequenas quantidades, como ingredientes de preparações culinárias, ou parte das refeições com base em alimentos in natura ou minimamente processados;

• Evite alimentos ultraprocessados.

Além de Marcela, outro exemplo de café da manhã regional adequado à proposta do MS é o de Ana Carolina Lucena, de 32 anos, natural de João Pessoa (PB). Entre os principais alimentos da região estão inhame. queijo coalho e frutas como o abacaxi e umbu, que, misturados com leite. se transformam em umbuzada (espécie de iogurte).

É importante lembrar que o Guia foi elaborado a partir de uma Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) organizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre maio de 2008 e maio de 2009. Um dos dados de maior relevância mostra que alimentos in natura ou minimamente processados apresentam composição nutricional muito superior à do conjunto de alimentos processados ou ultraprocessados.

Kimielle Cristina Silva, de 34 anos, também consegue seguir uma alimentação rica em alimentos naturais ou minimamente processados, sem perder a tradição. Nascida em Belo Horizonte, a mineira come queijo praticamente todos os dias, seja com bolo de fubá ou com o pão de queijo, alimentos clássicos da região. O café preto adoçado com açúcar ou rapadura complementa os alimentos, junto com frutas como mamão ou laranja.

Exemplos de alimentos 1

Esses são alguns exemplos de como a alimentação pode ser baseada em alimentos in natura ou minimamente processados sem deixar de seguir os hábitos regionais. Assim como composições alimentares apresentadas no Guia Alimentar para a População Brasileira (2ª Edição), os exemplos trazidos neste texto são apenas sugestões de combinações saudáveis possíveis.

 

Blog da Saúde

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br