My Twitter Feed

December 6, 2016

Casa de Aço Modulações

Santos cede empate ao Cruzeiro no final e fica mais longe do primeiro lugar

brasileirão-2015

Um gol nos últimos minutos pode ter castigou Santos neste domingo (20). Mesmo com um a mais – o meia Arracaeta foi expulso aos 35 minutos -, o Santos cedeu o empate para o Cruzeiro por 2 a 2  no Mineirão, em Belo Horizonte. O duelo foi válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Agora, o time santista precisará de uma cmbinação de resultados para ser campeão. Isso porque o Palmeiras bateu o Botafogo por 1 a 0 e abriu seis pontos de vantagem: 74 a 68. Para ser campeão, o Santos terá de vencer nas últimas rodadas o Flamengo, fora, e o América Mineiro, em casa. Além disso, precisaria torcer por derrotas dos palmeirenses para a Chapecoense, em São Paulo, e Vitória, em Salvador. Em compensação, o Cruzeiro fica mais distante da briga por Libertadores. Afinal, possui apenas 48 pontos em posição intermediária. Tem sete pontos a menos que o Botafogo, hoje o sexto colocado.

O jogo cumpriu as expectativas que dele se esperava. Os dois times, leves e rápidos por característica, proporcionaram um duelo bastante veloz nos primeiros minutos. O primeiro lance de perigo foi do Cruzeiro. Aos 15 minutos, o meia Ariel Cabral desviou de cabeça e o meia Robinho soltou uma bomba, da entrada da área. A bola saiu próxima do ângulo esquerdo do goleiro Vanderlei.

Aos poucos, o Santos passou a encontrar dificuldades para manter a mesma intensidade de jogo. Fato que ajudou a Raposa a crescer, sobretudo, através da articulação de Robinho. O gol cruzeirense saiu aos 21 minutos em uma bobeada do zagueiro Fabián Noguera. Após cruzamento da esquerda, o argentino não cortou, o meia Arrascaeta dominou e bateu no canto direito de Vanderlei.

Se na primeira etapa Fabián Noguera falhou no gol cruzeirense, no segundo tempo os mineiros retribuíram o presente logo no início. Aos dois minutos, lateral Lucas Romero fez um recuo na fogueira e deixou o atacante Ricardo Oliveira na cara do gol. O camisa 9 santista só teve o trabalho de tocar por baixo do goleiro Rafael.

Lucas Romero voltou a ser protagonista aos 15 minutos. E novamente em favor do Santos. O lateral argentino cometeu pênalti no atacante Copete aos 15 minutos. Na cobrança, aos 16, Ricardo Oliveira cobrou com categoria e virou o placar para os paulistas.

Após o gol, o Santos fechou-se e esperou o Cruzeiro atacar. A retranca deu certo, já que os cruzeirenses encontraram enormes dificuldades para concluir a gol. A situação ficou ainda pior aos 35 minutos, quando Arrascaeta foi expulso. Com um a mais, a vitória parecia ser questão de tempo. Até que aos 43 minutos, saiu o gol de empate. O lateral Bryan cobrou falta na área e Manoel, em posição duvidosa, fez de cabeça.

FPF

Comentários

comentários

Comments are closed.